Cultura

Nova fase de ‘Artes em 14’ leva espetáculo de dança-teatro ao Espaço das Cias

A montagem é o resultado de mais de 10 anos de pesquisa – foto: divulgação

A montagem é o resultado de mais de 10 anos de pesquisa – foto: divulgação

Abrindo a segunda fase do projeto ‘Artes em 14’, contemplado com o Prêmio de Ocupação Artística 2015 da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), apresentará o espetáculo de dança-teatro ‘A vida começa pela memória’, da Cia de Intérpretes. As apresentações acontecerão de sexta a domingo, 27, 28 e 29, às 20h, no Espaço das Cias, no Centro.

A montagem é o resultado de mais de 10 anos de pesquisa do encenador Ricardo Risuenho, que também atua na performance. Retratando uma “rede de lembranças” vividas pelos dois personagens interpretados por Risuenho e pela bailarina Anna Raphaella Costa, em que os dois são envoltos por uma rede de pesca, onde projetam suas memórias corporais ao mesmo tempo num ambiente de suspensão e sonhos.

Com diversas pesquisas no universo da dança contemporânea, Risuenho explica que a Companhia não trabalha com coreografia, pois este termo não se adequa à extensão das experimentações, mas sim com texto de movimento, facilitando o discurso da cena.

Risuenho e Nelson Magli são os responsáveis pela cenografia, a qual representa um ambiente onde tudo serve de estímulo às recordações. “A estética cenográfica é inspirada na obra do fotógrafo tcheco Jan Saudek. Fazer algo a partir da memória já era uma ideia antiga, de tentar entender a importância que isso tem para o ser humano”, explicou o artista.

Com informações da assessoria

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir