Sem categoria

Nos pênaltis, Santos elimina Palmeiras e chega à 8ª final paulista seguida

Assim como aconteceu na decisão do Campeonato Paulista do ano passado entre as duas equipes, o Santos avançou à final do Estadual depois de superar o Palmeiras por 3 a 2 nas cobranças de pênaltis, após empate por 2 a 2 no tempo normal na tarde deste domingo (24), na Vila Belmiro, pelas semifinais do torneio.


A equipe santista chegou a abrir 2 a 0 na partida, com dois gols do atacante Gabriel, mas cedeu a igualdade ao time alviverde, que empatou com dois gols de Rafael Marques nos minutos finais do jogo. Já nos pênaltis, os palmeirenses Lucas Barrios, Rafael Marques e Fernando Prass erraram e deram a classificação santista.

Agora, a final será contra o Audax, que eliminou o Corinthians também nos pênaltis. A primeira partida da decisão será no próximo domingo (1), enquanto o segundo jogo será realizada no dia 8. Os locais e os horários ainda serão definidos pela Federação Paulista de Futebol.

O resultado levou o time santista à sua oitava final seguida do Estadual, superando o feito que o mesmo Santos conseguiu entre os anos 1956 e 1966, quando a equipe tinha o Rei do Futebol.

A equipe da Vila Belmiro joga antes pela Copa do Brasil, quando faz o confronto de volta contra o seu xará do Amapá, na próxima quinta (28). Na ida, houve empate por 1 a 1.

O JOGO

Com muita velocidade pelos lados e mobilidade no campo de ataque, o Santos conseguiu envolver a marcação adversária e pressionou bastante o Palmeiras no começo do jogo.

Com 20min, o goleiro Fernando Prass já tinha sido exigido com frequência pelo ataque santista, que ainda chegou a pedir pênalti em duas jogadas, em uma bola no braço de Róger Guedes e num chute de Vitor Hugo no rosto de Gustavo Henrique na grande área alviverde.

Depois da parada técnica, o Palmeiras adiantou a marcação e conseguiu inibir a pressão santista até o intervalo. Mas, com Robinho e Gabriel Jesus pouco participativos, coube a Róger Guedes, em grande jogada individual, exigir a melhor defesa do goleiro Vanderlei no primeiro tempo, aos 34min.

No entanto, em um rápido contra-ataque, o Santos conseguiu ir para os vestiários com o 1 a 0 no placar. Aos 39min, Gabriel foi lançado nas costas da defesa do Palmeiras, cortou a marcação de Egídio e Vitor Hugo e chutou no canto direito de Fernando Prass.

O Palmeiras começou o segundo tempo no ataque, mesmo com os sustos que levava nos contra-ataques do time da casa. Melhor em campo, a equipe visitante criou chances de empatar, principalmente, depois das entradas de Cleiton Xavier e Rafael Marques.

Como aos 16min, quando Gabriel Jesus ganhou na velocidade de David Braz e, ao invadir a grande área, chutou por cima do gol na saída do goleiro santista.

Mas aos 29min levou o gol que sacramentou a classificação santista. Após bela jogada individual de Zeca, que deixou o volante Gabriel no chão, o atacante santista Gabriel recebeu passe quase na pequena área e chutou cruzado para marcar o seu segundo gol no jogo e selar os 2 a 0.

Nos minutos finais, o Palmeiras se lançou ao campo de ataque e, mesmo de forma desorganizada, chegou ao empate com dois gols de Rafael Marques nos minutos finais. Aos 42min, ele ganhou jogada da defesa santista e chutou rasteiro para diminuir. No minuto seguinte, o camisa 19 alviverde aproveitou cruzamento de Cleiton Xavier e, de cabeça, selou o 2 a 2.

Nas penalidades, mesmo com o erro de Lucas Lima, o Santos se classificou depois dos erros de Lucas Barrios, Rafael Marques e Fernando Prass.

SANTOS

Santos: Vanderlei, Victor Ferraz, Gustavo Henrique, David Braz e Zeca; Renato, Thiago Maia (Léo Cittadini), Vitor Bueno (Paulinho) e Lucas Lima; Gabriel (Alison) e Ricardo Oliveira
T.: Dorival Júnior

PALMEIRAS

Fernando Prass; Jean, Thiago Martins, Vitor Hugo e Egídio; Gabriel, Matheus Sales, Robinho (Cleiton Xavier) e Roger Guedes; Alecsandro (Rafael Marques) e Gabriel Jesus (Lucas Barrios)
T.: Cuca

Local: Vila Belmiro, em Santos (SP)
Árbitro: Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza
Assistentes: Anderson Jose de Moraes Coelho e Alex Ang Ribeiro
Renda/Público: R$ 688.235,00 / 13.690 pagantes
Cartões amarelos: Egídio, Alecsandro, Gabriel, Thiago Martins, Matheus Sales, Vagner, Vitor Hugo (Palmeiras); Elano, Gabriel (Santos)
Gols: Gabriel, aos 39 do 1º tempo e aos 29 do 2º tempo; Rafael Marques, aos 42 do 2º tempo e aos 43 do 2º tempo
Nos pênaltis: David Braz, Zeca, Victor Ferras (Santos), Cleiton Xavier, Jean (Palmeiras) acertaram; Lucas Lima (Santos), Barrios, Rafael Marques, Fernando Prass (Palmeiras) erraram

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir