Esportes

Norte Leste Fight consagra Weslen Silva

Após receber o cinturão, Weslen pegou um escudo e uma espada que simbolizam sua trajetória no mundo das lutas e da vida e comentou o resultado- foto: divulgação/ Emanuel Mendes Siqueira

Após receber o cinturão, Weslen pegou um escudo e uma espada que simbolizam sua trajetória no mundo das lutas e da vida e comentou o resultado- foto: divulgação/ Emanuel Mendes Siqueira

Com quatro vitórias, os atletas da academia Chiquinho Top Team (CTT) reinaram absolutos no Norte Leste Fight 4, evento de MMA que aconteceu na noite deste sábado (19) com excelente presença de público no ginásio da Escola Estadual Isaac Sverner, no São José 2, Zona Leste de Manaus. Na luta principal, Weslen Augusto Silva (CTT) venceu Jessé Souza (Nova Olinda do Norte) e conquistou o cinturão do peso palha (até 52 kg).

Weslen e Jessé fizeram um duelo eletrizante para quem gosta de trocação franca nas Artes Marciais Mistas, fazendo valer cada real investido no ingresso. Depois de dois rounds com quedas, knockdowns, chutes, socos e boa peleja no chão, Weslen estava inteiro para mais 5 minutos, enquanto o oponente não conseguiu voltar e desistiu por intervenção médica.

Após receber o cinturão, Weslen pegou um escudo e uma espada que simbolizam sua trajetória no mundo das lutas e da vida e comentou o resultado. “Estou muito feliz com essa vitória, não foi fácil para mim porque a perda de peso me desgastou muito. Eu pensei por muitas vezes que não ia bater o peso, mas graças a Deus bati o peso. Ele me honrou, dei o máximo na luta e fiz o meu adversário desistir”, analisou.

O campeão dos palhas do NLF4 também exaltou a importância dos amuletos que carrega durante seus combates. “Isso aí simboliza a armadura do Espírito Santo na minha vida. É preciso ter fé, acreditar nas coisas de Deus, que pode te levar a coisas que tu nem imagina, como aconteceu comigo hoje. Eu entrei como um guerreiro, como um Davi, como muitos heróis da Bíblia que levaram o nome de Deus, que é salvação e amor”, enfatizou Weslen, de 25 anos, que só lamentou o fato de não ter patrocínio e ter que conciliar o trabalho com os treinamentos na academia do mestre Chiquinho Top Team.

A CTT teve mais três vitórias no NLF4, tendo o peso mosca Deivid Rock como principal destaque. Ele venceu Rômulo Leite por nocaute técnico aos 35 segundos do primeiro round.

A academia do Novo Aleixo também fez a festa com Elielson Loro, que superou Edvaldo ‘Barreirinha’ de Jesus por finalização no segundo round, e Hudson Vale, que venceu Ney Torres por nocaute técnico no segundo assalto.

Gleucivânia também leva cinturão

Gleucivânia também leva cinturão

No segundo combate mais importante do evento, Gleucivânia Melo (Nak Su Thai Gym) levou para casa o cinturão do peso palha ao vencer Kerolayne Teixeira (Legião da Luta/Iranduba) por finalização.

Outros vencedores do evento

O NLF 4 também apresentou as vitórias de Wanderley Freitas (Legião da Luta/Iranduba), Moisés Guimarães (Kratos Top Team), Hudson Rafael (Kadosh), Maxsuel Silva (Segadilha), Robson Dantas (Desafio de K-1) e Larissa Nicácio (Desafio de Jiu-Jítsu Feminino).

Segundo o presidente da franquia Norte Leste Fight, Francisco de Assis, a próxima edição do evento acontecerá no mês de janeiro. “A quarta edição foi um sucesso e vamos continuar dando oportunidade aos novos atletas. Em janeiro tem mais!”, avisou.

Com informações da assessoria

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir