Sem categoria

Noite e madrugada sangrenta em Manaus: número de mortes pode ser maior que 20

foto: Josemar Antunes

Noite e madrugada com muito movimento no IML – foto: Josemar Antunes

O Instituto Médico Legal (IML) registrou diversas mortes durante a noite de sexta-feira e madrugada deste sábado (17 e 18), em diversas zonas de Manaus. Os números não são preciso ainda, mas podem ultrapassar a casa de 20, entre elas pelo menos dois duplos homicídios.

Algumas dessas mortes podem estar relacionadas ao assassinato do sargento  Afonso Camacho Dias,  da Polícia Militar, morto na tarde desta sexta no bairro Educandos, Zona Sul,  após reagir a um assalto. Conforme a polícia, pelo menos cinco dos homicídios da noite ocorreram nesse bairro.

Outra possibilidade é que as a mortes também estejam relacionadas à decapitação  do detento Hudson de Souza Lopes, assassinado por ‘colegas, dentro de uma cela do Instituto Penal Antônio Trindade, também na tarde de ontem.

As autoridades policiais do Estado estão fazendo o levantamento dos casos, mas as informações preliminares dão conta de que, além das mortes, muitos feridos também deram entrada nas unidades hospitalares da capital.

O delegado geral da Polícia Civil, Orlando Amaral, comentou com o EM TEMPO Online que ainda estão analisando a que atribuir “uma situação tão anormal”.

Duplos

Entre os duplos homicídios registrados pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), estão o de Paulo Nazareno de Souza, 31, e Rodrigo Anderson Cardoso, 27, ocorrido por volta das 00h31, na rua Sobrinho Maranhão, bairro São Francisco, Zona Sul da Capital.

O segundo duplo homicídio aconteceu no bairro do Zumbi, Zona Leste de Manaus. Desta vez as vítimas foram dois jovens identificados como Diego da Silva Lira, 18, e Jonathan Nobre Aguiar, 23.

Conforme testemunhas, eles foram alvejados por homens não identificados que estava em uma motocicleta.

A Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (Susam) informou que no Hospital e Pronto-Socorro Dr. João Lúcio sete vitimas de arma de fogo deram entrada nessa madrugada, das sete, seis foram a óbito e uma encaminhada ao centro cirúrgico.

No Hospital EePronto-Socorro 28 De Agosto, 15 deram entrada, cinco foram a óbito e os demais estão no centro cirúrgico ou estão em estado grave.

Já no Pronto-Socorro Platão Araújo apenas quatro vítimas de arma de fogo deram entrada, e todas estão em observação.

O Serviço de Pronto atendimento do coroado registrou a entrada de três vitimas com ferimentos por arma de fogo. As três foram atendidas e liberadas.

Vingança

O secretário de Estado da Segurança Pública, delegado federal Sérgio Fontes, admitiu ao EM TEMPO que os crimes podem ter mesmo estar ligadas a um possível ato de vingança policial pelo assassinato do sargento. “Acho que é até procedente o boato sobre isso. Não é a primeira vez que acontece algo com essa suspeita”, comentou.

Sérgio Fontes enfatiza que as medidas a serem adotadas pela Secretaria de Segurança Pública são as mesmas que seriam tomadas caso não houvesse suposições como essas.

“Não muda nada no procedimento das autoridades de segurança do Estado. Vamos investigar, identificar os criminosos e prendê-los. Não importa se for marginal, membro da FDN (facção do crime organizado Família do Norte), máfia chinesa ou policiais criminosos”, ressaltou.

O secretário terá reunião com toda a cúpula das entidades ligadas ao sistema de segurança estadual, incluindo o titular da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros, Ivo Martins, delegado geral da Polícia Civil, Orlando Amaral e o comandante geral da Polícia Militar, coronel Gilberto Gouvêa, por volta das 17h30 deste sábado.

 

Por equipe EM TEMPO

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir