Sem categoria

No Viver Melhor, homem é preso com grande quantidade de drogas, além de armas

Alexandre foi conduzido ao 15º Distrito Integrado de Polícia (DIP) - foto: divulgação

Alexandre foi conduzido ao 15º Distrito Integrado de Polícia (DIP) – foto: divulgação

O ex-presidiário Alexandre dos Santos, 24, foi preso com uma grande quantidade drogas e arma de uso restrito das polícias Civil e Militar, por volta das 1h30 desta sexta-feira (11), no conjunto Viver Melhor, bairro Lagoa Azul, Zona Norte da capital.

De acordo com policiais da Ronda Ostensiva Candido Mariano (Rocam), a guarnição foi acionada para dar apoio à 26ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), que estava atendendo uma ocorrência de tiroteio envolvendo facções rivais.

Ao chegar ao local, os policiais avistaram um veiculo modelo Gol de cor prata e placa não informada, e uma motocicleta de placa OAC-6086, que empreenderam fuga ao perceber a presença da polícia. Durante a perseguição, o condutor da motocicleta foi preso, já o do carro conseguiu fugir sem ser identificado.

Durante a abordagem, com o suspeito foi apreendida uma pistola calibre ponto 40, com cinco munições intactas, e um revólver de numeração raspada com duas munições intactas e três deflagradas. O homem ainda confessou que estava trocando tiros com integrantes de uma facção rival, pela briga por pontos de venda de drogas.

Em depoimento, o homem relatou que, na casa onde morava, tinha uma grande quantidade de entorpecentes. Os policiais foram até o local informado, também na Zona Norte, onde foram encontradas 88 trouxinhas de cocaína, 32 trouxinhas de maconha, duas porções grandes de cocaína, três porções médias de cocaína, quatro porções grandes de maconha, duas porções grandes de pasta-base, uma balança de precisão, a quantia de R$ 1. 100 em espécie, além de material para refino e preparo da droga.

Alexandre foi conduzido ao 15º Distrito Integrado de Polícia (DIP), onde foi autuado por tráfico de drogas e por porte ilegal de arma de fogo. Após os procedimentos será encaminhado a Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, no Centro de Manaus.

Por Mara Magalhães

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir