Sem categoria

No Tancredo Neves, idoso é preso em flagrante por estupro de menino

O será levado para a Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa - foto: divulgação

O será levado para a Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa – foto: divulgação

O ajudante de pedreiro Raimundo Silva do Nascimento, 61, conhecido como ‘Ramon’, foi preso em flagrante após estuprar um menino de 10 anos. O fato ocorreu nesse sábado (26) na rua Anambé Azul, bairro Tancredo Neves, Zona Leste de Manaus.

Uma vizinha do suspeito, que não teve o nome divulgado, informou à polícia que, no momento que ela estava chegando a sua residência, viu uma criança entrando na casa do suspeito.
Em seguida, ela começou a observar a movimentação da janela. No momento em que presenciou Raimundo tirando o short da vítima, ela gritou e pediu para alguém chamar a polícia.

Após ouvir os gritos da mulher, os vizinhos entraram na casa do ajudante de pedreiro e começaram a agredi-lo, mas foram contidos com a chegada da polícia.

A mulher ainda relatou à polícia que sempre via algumas crianças entrando frequentemente na casa do suspeito e por esse motivo começou a desconfiar.

Em depoimento, a criança relatou que vinha sendo estuprado por Antônio desde os 9 anos de idade e que o suspeito lhe dava a quantia de R$ 5 em troca de favores sexuais.

O menino ainda falou que, antes da prisão, o homem o tinha chamado para pegar uma chuteira e uma sandália, mas em troca do ‘presente’ teria que praticar sexo com ele. Ainda segundo o garoto, o homem também violentava outra criança que era amiguinho dele.

O homem foi preso pelos policiais da 14ªCompamhia Interativa Comunitária (Cicom) e levado para a sede da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (Depca), onde foi autuado por estupro de vulnerável e favorecimento à prostituição.

Após os procedimentos cabíveis ele será levado para a Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, no Centro da capital.

Por Mara Magalhães

1 Comment

1 Comment

  1. Nanda

    28 de dezembro de 2015 at 08:50

    Um desgraçado desse tem ser torturado e receber uma morte bem dolorosa e lenta! Tenho nojo de qualquer um que faça mal à crianças.
    Deveria existir uma lei que dissesse que quem faz mal à crianças é torturado. Uma pena pior que a morte é o sofrimento… morrer é pouco pra esse tipo de gente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir