Dia a dia

No São Lázaro, ajudante de pedreiro é assassinado por homens encapuzados

A vítima foi alvejada com dois disparos que atingiram o peito- foto: Arthur Castro

A vítima foi alvejada com dois disparos que atingiram o peito- foto: Arthur Castro

O ajudante de pedreiro Danrlei Ferreira da Silva, 19, foi assassinado por volta das 22h dessa sexta-feira (18), na rua São José, bairro São Lázaro, Zona Sul. A vítima chegou a ser socorrida e encaminhada ao Hospital e Pronto Socorro 28 de Agosto, mas morreu ao chegar na unidade hospitalar.

Conforme a polícia, a vítima foi alvejada com dois disparos que atingiram o peito. Testemunhas relataram que três homens encapuzados, ainda não identificados pela polícia, abordaram o jovem, que estava na companhia de amigos, um deles, armados com uma pistola calibre 380 milímetros disparou. O trio ainda ameaçou os jovens que estavam na companhia da vítima, depois fugiram tomando rumo ignorado.

Segundo familiares, o ajudante de pedreiro estava em uma ‘boca de fumo’ na companhia de amigos, e ao avistar os suspeitos, Danrlei ainda tentou conversar com os assassinos.

Conforme a tia da vítima, uma aposentada de 74 anos que não quis se identificar por temer represálias, a vítima conversava com amigos, quando os criminosos chegaram andando e após avistar Danrlei, os suspeitos começaram a atirar. “Eles atiraram mais de cinco vezes contra o meu sobrinho. O Danrlei ainda tentou conversar e fugir, mas acabou sendo baleado. Não sei o que motivou o crime. Ele não relatou nenhum tipo de ameaça e se era usuário eu não sabia”, afirmou.

A aposentada disse também que os suspeitos ainda ameaçaram matar os amigos de seu sobrinho, caso as testemunhas não se escondessem em suas casas.

“O meu sobrinho nunca foi preso, ele era uma pessoa tranquila. Eu estava jantando quando ouvi os disparos”, disse.

O caso foi registrado na Delegacia Especializada de Homicídios e Sequestros (DEHS) que trabalha com a hipótese de acerto de contas relacionado ao tráfico de drogas.

Por Ana Sena

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir