Sem categoria

No São José, população se revolta com ônibus ‘quebrado’ e depreda coletivo

O ônibus de placa OAS-6559 estava lotado de gente quando quebrou – foto: Rede Tirandentes

O ônibus de placa OAS-6559 estava lotado de gente quando quebrou – fotos: Rede Tirandentes

Um ônibus articulado da empresa Global Green, linha 678, foi depredado no início da manhã desta terça-feira (15) por usuários, após ‘quebrar’ em frente ao Uai Shopping, quando seguira pela alameda Cosme Ferreira, São José, Zona Leste, em direção ao centro.

O ônibus, de placa OAS-6559, faz linha para a Ponta Negra, e estava lotado quando estourou um pneu, segundo relatos. Eram pelo menos 160 passageiros, segundo um funcionário da empresa que não quis se identificar.

Conforme relatos, o fato aconteceu pouco depois das 6h e revoltou a população, que quebrou os vidros das janelas e portas do veículo, causando grande tumulto no local. O trânsito ficou complicado em todos os sentidos da rotatória do São José. Num certo momento, os manifestantes chegaram, inclusive, a bloquear uma parte da alameda no sentido centro.

Agente do Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito de Manaus (Manaustrans) estiveram no local para fazer os desvio do fluxo. O congestionamento se estendeu por uma extensão de pelo menos cinco quilômetros, informaram.

onibus2-redetiradentes

“Esperei esse ônibus por mais de uma hora e quando aparece está quebrado, isso é uma falta de respeito com o usuário”, disse a empregada domestica Jhoneia da Costa, 40.

“Todo dia chegamos atrasados em nossos trabalhos devido a esses ônibus quebrados, dessa vez resolvemos não deixar de graça, por isso resolvemos quebrar tudo”, falou a domestica.

Acirrando ainda mais os ânimos dos usuários do transporte coletivo que estavam na manifestação, outro articulado da mesma empresa, placa OAJ-1398, dessa vez da linha 671, também ‘quebrou’ quando seguia em direção ao centro, próximo ao primeiro.

Policiais da 9º e 11ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) estiveram no local para aclamar os ânimos. O trânsito só foi liberado após às 8h.

Por equipe EM TEMPO Online

Com informações de Mairkon Castro

 

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir