Dia a dia

No São José, mulher é morta com cinco tiros e parceiro atingido com tiro na boca

A mulher segue sem identificação no Instituto Médico Legal (IML). Foto: Josemar Antunes

A mulher segue sem identificação no Instituto Médico Legal (IML). Foto: Josemar Antunes

Uma mulher foi morta e seu companheiro ferido na madrugada de domingo (16), em frente à Escola Estadual Ernesto Penafort, na rua Marginal, São José 2, Zona Leste de Manaus.

Era por volta das 5h20 quando moradores da área ouviram cinco disparos de arma de fogo. Ao saírem para ver o tinha acontecido, se depararam com o casal agonizando no chão. A mulher cinco tiros que atingiram o  pescoço, ombro direito e seus braços.

O serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado pelos populares, mas só chegou ao local meia hora depois.

“Se o Samu não tivesse demorado, a mulher não teria morrido”, contou uma moradora que preferiu não se identificar. Ele também disse que o homem, mesmo ferido, levantou, pegou sua moto e fugiu, sem aguardar por cuidados médicos.

Um mototaxista que presenciou o crime informou que o casal era perseguido por dois ocupantes de uma motocicleta de características desconhecidas. Segundo ele, a perseguição iniciou desde a casa de show ‘Casa da Mamãe’, situada na avenida Autaz Mirim, bairro Tancredo Neves, na mesma zona da cidade.

“Quando as duas motos ficaram emparelhadas, o garupa atirou várias vezes contra o casal”, disse o mototaxista que não quis ter o nome divulgado.

Policiais militares da 9ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) confirmaram que as vítimas foram almejadas por dois homens em uma motocicleta.

 

Por Josemar Antunes

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir