Dia a dia

No Parque Dez, casal é preso com quatro quilos de droga

O casal foi autuado em flagrante pelo crime de tráfico de drogas e associação para o tráfico - foto: Ana Sena

O casal foi autuado em flagrante pelo crime de tráfico de drogas e associação para o tráfico – foto: Ana Sena

O casal Ailan Borges Oliveira, 28, e Samara da Cruz Glória, 27, foi apresentado na manhã desta terça-feira (1º) suspeito de tráfico de drogas. Os dois foram presos ontem (31) na rua Saga, conjunto Jardim Sacura, bairro Parque Dez, Zona Centro-Sul.

Com eles a polícia encontrou quatro quilos de entorpecentes, entre maconha, oxi e cocaína, além de cinco celulares, um tablet, seis munições de calibre 380 e 40 milímetros, duas balanças de precisão, R$ 818 e cadernos com a contabilidade da venda da droga.

A polícia informou que Ailan, que é agente de portaria, faturava por mês cerca de R$ 60 mil com a venda dos entorpecentes no bairro. Ele afirmou que a droga era sua e que sua namorada não tinha envolvimento com o tráfico.

“A minha namorada só estava dormindo lá em casa, ela não tem nada com isso. Eu vendo drogas há dois anos, mas só trafico lá no bairro”, disse. O acusado disse ainda que os cadernos da contabilidade são de suas contas antigas.

Conforme a Polícia Civil, após receberem várias denúncias informando que o suspeito comercializava os entorpecentes dentro do condomínio onde mora, a polícia iniciou uma investigação de 15 dias. Ailan estava saindo de casa quando foi preso.

Ainda segundo a polícia, ele está sendo investigado pela autoria da morte de Gilvandro Pereira de Oliveira, 30, ocorrido dia 23 de abril deste ano no bairro Coroado, Zona Leste. A principal motivação do crime seria acerto de contas oriundo do tráfico de drogas.

O adjunto do Departamento de Narcóticos (Denarc), Jone Clei Rodrigues, informou que Ailan é um dos chefes do tráfico do Parque Dez e Ouro Verde. “Depois que o irmão dele foi preso, Ailan assumiu o tráfico do bairro e a namorada dele também ajudava, uma vez que encontramos várias mensagens no celular dela negociando a venda da droga para usuários”, relatou.

O casal foi autuado em flagrante pelo crime de tráfico de drogas e associação para o tráfico. Após prestarem depoimento na delegacia, eles foram levados à cadeia pública, no Centro.

Por Ana Sena

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir