Dia a dia

No Nova Esperança, usuário de drogas é morto a pauladas e facadas

O corpo apresentava marcas de pauladas e golpes de arma branca no pescoço - foto: Josemar Antunes

O corpo apresentava marcas de pauladas e golpes de arma branca no pescoço – foto: Josemar Antunes

O desempregado Janderson da Silva e Silva, 24, foi morto na madrugada desta quinta-feira (22), em um rip-rap, localizado na rua E14, conjunto Promorar, bairro Nova Esperança, Zona Oeste de Manaus. O corpo apresentava marcas de pauladas e golpes de arma branca no pescoço.

Segundo informações de uma moradora, que preferiu não se identificar, o corpo do jovem foi encontrado por volta das 5h, quando o esposo dela seguia para o trabalho.

“Antes de meu esposo sair para o trabalho, ouvimos apenas os cachorros latirem, mas não pedidos de socorro”, declarou.

Conforme o irmão da vítima, Jander da Silva e Silva, 28, Janderson era usuário de drogas e uma pessoa problemática na família, entretanto, desconhece quem possa ter cometido o assassinato.

“Ele tinha muitos desafetos no bairro e praticava alguns furtos dentro de casa e no Centro, para poder manter o vício, mas nunca ouvi comentários de que sofria ameaças de morte”, disse.

Conforme a polícia, a vítima foi atingida a golpes de faca no pescoço e pauladas desferidas na cabeça. Uma pernamanca com vestígios de sangue, possivelmente da vítima, foi recolhida para perícia.

A ocorrência foi atendida por policiais militares da 10ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), após serem acionados pela Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops).

O corpo foi removido pelo Instituto Médico Legal (IML) e o caso será investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS). Até o momento, não há informações sobre os suspeitos.

Por Josemar Antunes

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir