Sem categoria

No Monte Sião, portador de necessidades especiais tenta estuprar vizinha adolescente

Um portador de necessidades especiais, identificado como Frank Cabreira, 35, foi preso em flagrante neste domingo (28), suspeito de invadir uma casa e, armado com uma faca, tentar estuprar uma adolescente de 14 anos.

A prisão ocorreu por volta de 5h30, na rua São Carlos 2, conjunto Monte Sião, bairro Cidade de Deus, Zona Leste. Testemunhas relataram à polícia que Frank havia planejado cometer o crime há duas semanas. Ele chegou a cortar as roupas da vítima.

De acordo com a mãe da adolescente, a azulejista Dinamor Rodrigues, 31, Frank demonstrou interesse pela garota há 15 dias, quando começou a segui-la, no caminho da escola para casa. Antes do crime, ele arrombou a porta da cozinha e invadiu o quarto da adolescente.

“Não sabemos como ele teve acesso para entrar no quintal, pois temos cachorros. Mas ele arrombou a porta da cozinha e entrou no quarto de minha filha. Armado com uma faca, ele cortou a blusa e o short que ela vestia e a levou para a cozinha, no intuito de estuprá-la. Quando ele deixou a faca longe, ela gritou por ajuda”, relatou.

Na delegacia, a adolescente informou que foi ameaçada de morte pelo suspeito, caso relatasse o fato, ou fizesse barulho. “Ele colocou a mão na minha boca e disse que eu tinha que me manter calada. Se eu fizesse qualquer barulho ou informasse alguém, eu pagaria por isso”, disse.

À reportagem a mãe da adolescente relatou que, no momento em que vítima pediu ajuda, Frank fugiu. “Não consegui visualizar o rosto dele, mas minha filha o descreveu e relembrou que ele já a estava seguindo e mexendo com ela algumas vezes. Chamei a polícia e conseguimos chegar na casa dele, que mora próximo de nossa casa”, completou.

Aos policiais da 30ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), Frank confirmou que havia cometido o crime e foi encaminhado à Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), Zona Centro-Oeste.

Conforme o cabo da 30ª Cicom, José da Silva, o suspeito confirmou que ameaçou a adolescente e que pretendia abusá-la.

“No momento da prisão, ele confessou que tinha a intenção de abusá-la e que foi impedido por conta do pedido de socorro. Quando estávamos saindo do local, um rapaz mencionou que Frank havia comentado que iria cometer o crime. A testemunha informou ainda que o repreendeu, mas não teve jeito. Assim que chegou na delegacia, ele mudou o discurso.”, explicou.

Em depoimento à Depca, Frank negou ter cometido o crime, no entanto, foi autuado em flagrante por estupro tentado e deverá ser encaminhado à cadeia pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, no Centro, onde permanecerá à disposição da Justiça.

Por Thaís Gama

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir