Dia a dia

No interior do Amazonas, adolescente mata homem estrangulado e joga corpo no rio Andirá

A vítima foi estrangulada e teve o corpo jogado no rio, sendo posteriormente resgatado pela polícia – foto: divulgação/PM

A vítima foi estrangulada e teve o corpo jogado no rio, sendo posteriormente resgatado pela polícia – foto: divulgação/PM

Parintins (AM) – Um adolescente de apenas 17 anos mantou estrangulado, na área rural de Barreirinha (331 quilômetros de Manaus), um homem identificado Joaquim Paixão Bastos, 45.
O crime aconteceu no último final de semana no distrito do Piraí, localizado às margens do rio Andirá, a cerca de duas horas de barco de Barreirinha.

Alegando que a vítima vinha ameaçando a sua família, o jovem estrangulou o homem e depois jogou o corpo no rio.

O adolescente foi apreendido no próprio distrito por uma guarnição da Polícia Militar, comandada pelo sargento Oriente.

Ele confessou o crime e disse que matou Joaquim Paixão Bastos porque, toda vez que ingeria bebida alcóolica, o mesmo ameaçava matar seus pais e seu irmão.

“Então, antes que ele matasse alguém da minha família como ele dizia, eu decidi matar esse homem”, afirmou o adolescente que foi ouvido nesta segunda-feira (11) pelo delegado de Barreirinha, Adilson Rocha, na presença de membros do Conselho Tutelar do município.
O menor está à disposição da Justiça.

Por Tadeu de Souza

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir