Dia a dia

No Coroado, peixeiro é alvejado com 15 tiros e morre em hospital

O corpo foi removido pelo Instituto Médico Legal (IML) - foto: Josemar Antunes

O corpo foi removido pelo Instituto Médico Legal (IML) – foto: Josemar Antunes

O peixeiro Iranildo do Carmo Ribeiro, 32, foi executado com 15 tiros na noite desse domingo (29), por volta das 20h. O crime ocorreu na rua Copaíba, conjunto Ouro Verde, bairro Coroado 3, Zona Leste da cidade.

Populares informaram à polícia que a vítima estava em uma residência, quando um carro modelo Punto, de cor vermelha e placa não revelada, estacionou na frente do imóvel. Em seguida, dois homens que não foram identificados desceram do veículo e invadiram a casa, efetuando vários tiros contra o peixeiro, que estava na sala.

Após cometerem o crime, os suspeitos fugiram em sentido ignorado. A vítima foi socorrida pelos populares e levado para o Hospital e Pronto Socorro João Lucio, também na Zona Leste, mas devido à gravidade dos ferimentos não resistiu e morreu.

Policiais militares da 11ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) realizaram buscas pela área, mas nenhum dos suspeitos foi localizado até o momento desta publicação.

A polícia trabalha com hipótese de acerto de contas, motivado por dívida com o tráfico de drogas, uma vez que moradores do local informaram que o homem era conhecido na área por vender entorpecente e que ele teria tido uma desavença com outro traficante do bairro.

Já a família, segundo a polícia, nega que a vítima tivesse envolvimento com o tráfico e não soube informar qual o motivo da morte.

Conforme o Instituto Médico Legal (IML), que fez a remoção do corpo, o homem foi atingido com 15 tiros, sendo a maioria na região da cabeça e pescoço, caracterizando o crime como execução.

A Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) investigará o crime.

Por Mara Magalhães

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir