Dia a dia

No Alvorada, mecânico é alvejado com quatro tiros e morre ao dar entrada em SPA

o mecânico Felipe de Barros Souza, 20, foi alvejado com quatro tiros, vindo a óbito posteriormente no SPA Alvorada - foto: Josemar Antunes

O mecânico Felipe de Barros Souza, 20, foi alvejado com quatro tiros, vindo a óbito posteriormente no SPA Alvorada – foto: Josemar Antunes

Em uma área conhecida como ‘Morrinho’, na rua Vivaldo Lima, bairro Alvorada 1,  Zona Centro-Oeste de Manaus,  o mecânico Felipe de Barros Souza, 20, foi alvejado com quatro tiros, vindo a óbito posteriormente em uma unidade de saúde da capital. O crime ocorreu por volta das 20h30 deste domingo (28).

A polícia informou que dois homens não identificados, em uma motocicleta de características desconhecidas, perseguiram Felipe, após o jovem sair de casa. O suspeito que estava na garupa da moto efetuou os disparos. Felipe foi atingido com quatro tiros, acertando as costas, cabeça e ombro direito.

A vítima ainda chegou a ser levada ao Serviço de Pronto Atendimento (SPA) da Alvorada, na mesma zona da cidade, mas não resistiu aos ferimentos e morreu por volta das 21h25.

A mãe do jovem, Sheila Santos, idade não divulgada, confirmou à polícia que o filho era usuário de drogas. Familiares ainda informaram aos investigadores que há uma semana Felipe havia deixado a cadeia pública, onde cumpriu pena por roubo.

Para a polícia, o crime está relacionado a acerto de contas motivado pelo tráfico de drogas. O caso foi registrado no 10º Distrito Integrado de Polícia (DIP) e será investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) .

Velório

O corpo de Felipe foi velado na manhã desta segunda-feira (29), na Igreja Batista Monte Horebe, localizada na rua São João, conjunto Flores 2, bairro Alvorada 1, Zona Centro-Oeste da cidade. Familiares impediram o acesso da imprensa.

O corpo de Felipe foi velado na manhã desta segunda-feira (29), em uma igreja evangélica - foto: Márcio Melo

O corpo de Felipe foi velado na manhã desta segunda-feira (29), em uma igreja evangélica – foto: Márcio Melo

Por Josemar Antunes

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir