Economia

Nível de atividade e de emprego na construção mantém queda em outubro, diz CNI

 

Especialista diz que interessados na comprada casa própria esperem um pouco mais antes de fechar contrato de  financiamento  porque  podem  ter  dificuldade  para  pagar  as  prestaçãoes  do imóvel – foto:  Agência Brasil

Em uma escala de 0 a 100 pontos, o índice referente ao número de empregos ficou em 35,6 – foto: Agência Brasil

A Confederação Nacional da Indústria (CNI) divulgou nesta quarta-feira (25) dados que mostram que a atividade e o emprego na indústria da construção mantiveram-se em queda em outubro.

O índice de evolução do nível de atividade registrou 36,7 pontos e o número de empregados ficou em 35,6 pontos no mês. A CNI usa uma escala que varia de 0 a 100 e valores abaixo de 50 pontos indicam atividade e emprego em queda.

O índice de nível de atividade efetivo em relação ao usual também ficou abaixo de 50 e registrou 27,1 pontos. A utilização da capacidade de operação das empresas do setor, único que tem o resultado em percentual e não em pontos, mostrou que a indústria operou, em média, com 57% da capacidade, 2 pontos percentuais abaixo do registrado em setembro.

Quanto aos próximos seis meses, dados já atualizados para novembro, todos os indicadores ficaram abaixo de 50 pontos. O índice de expectativas em relação ao nível de atividade registrou 38,5 pontos; o de novos empreendimentos e serviços, 38,2 pontos; o de compra de insumos e matérias-primas, 37,9 pontos; e o de número de empregados, 37,3 pontos.

A intenção de investimento foi de 24,5 pontos em novembro.

A Sondagem Indústria da Construção foi realizada com 595 empresas entre 2 e 12 de novembro. Dessas, 185 são de pequeno porte,, 269 são médias e 141, de grande porte.

 

Por Agência Brasil

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir