/* */
Super Máquinas

Nissan apresenta nova picape no Salão do Automóvel em Buenos Aires

O interior do modelo também tem um toque cromado e detalhes em cinza no painel central – Foto Divulgação

A Nissan apresentou mundialmente a tão aguardada novidade do universo picape, no Salão do Automóvel de Buenos Aires. Trata-se da exclusiva Nissan Frontier Attack, inspirada pelos “monster-trucks” mais imponentes. Como fez em 2015 com o Kicks Concept, a marca japonesa procura capturar as impressões do público argentino sobre esta nova versão para avaliar o possível potencial de produção do veículo.

Recentemente desenvolvida e produzida especialmente para o salão argentino, a picape Frontier Attack Concept é a 3ª geração da série Attack, complementando o line-up da Frontier. Criada pela equipe do estúdio de design da Nissan no Brasil e inspirada nos terrenos mais extremos da América Latina, o conceito apresenta um design revolucionário mais robusto e equipado, ideal para os fãs de picapes.

A Nissan decidiu revolucionar a estética da picape Frontier introduzindo uma atitude provocativa e desafiadora com a nova Attack. Ela é visualmente radical por todos os ângulos e foi projetada para lidar com as estruturas estabelecidas. O novo conceito é 40 milímetros (mm) mais alto em relação à versão anterior e o teto e os pneus são consideravelmente mais largos, o que levou os designers a chamá-la de “the beast”.

“As pessoas que não conheciam o projeto e nunca tinham ouvido falar da Frontier Attack apelidaram ela de ‘the beast’ quando a viam pela primeira vez, um nome que o time de designers rapidamente também adotou. Com o design agressivo e inspirado nos fãs latinos do ‘off-road’, a Attack Concept está pronta para superar qualquer barreira que apareça em sua frente”, afirma o designer chefe do estúdio de design da Nissan no Brasil, Robert Bauer.

Inspirada pelos fãs latinos do “off-road”, a nova picape da Nissan não deixa dúvidas do seu instinto provocativo e intenso. Ela se destaca pelos tons fortes (vermelho brilhante e preto cromado). A Attack também apresenta faróis de máscara negra, estribos, barras de colisão e rack para mala com o nome do modelo, além de espelhos na cor cinza. O nome da versão ainda é visto nas laterais, nos pneus de aro 16 e no para-choque traseiro cromado.

O interior do modelo também tem um toque cromado e detalhes em cinza no painel central e assentos, e volante com acabamento em vermelho. Além de ser mais alta que a versão anterior, os assentos e o teto mais largos a torna uma das picapes mais imponentes do mercado.

Equipamento

A Frontier Attack Concept oferece uma resposta poderosa aos desafios da direção “off-road”, de forma inteligente. A vida a bordo agora é mais confortável graças aos equipamentos tecnológicos. O mecanismo de tração 4×4 pode ser ativado com o toque de um botão, o que permite mudar a tração em movimento.

O sistema de Controle Dinâmico do Veículo (VDC – sigla em inglês) ajuda a melhorar a performance da tração e a segurança em todas as quatro rodas. O sistema dá ainda mais tranquilidade e segurança à condução. Além disso, o sistema VDC é combinado com outras tecnologias, como o de trava antibloqueio que melhora a dirigibilidade em situações difíceis.

Desempenho e tecnologia

O conceito Frontier Attack, assim como a picape Frontier, mantém a motorização 2.3 litros a diesel, com 190 cavalos (CV) e 450 nanómetros de torque, associada a uma caixa de marcha de 6 velocidades, e suspensão traseira Multilink com eixo rígido, única no segmento de picapes médias. Destaca-se a eficiência e o equilíbrio do motor 2.3 litros em relação à cilindrada, potência e torque. Ele atinge um torque máximo em baixa rotação, tornando-se uma excelente opção no mercado. O torque máximo fica entre 1,5 mil e 2,5 mil rotações por minuto (RPMs).

A picape também incorpora a visão da Nissan para o futuro: a mobilidade inteligente, criada para guiar o desenvolvimento de produtos e garantir aos consumidores ao redor do mundo um futuro mais seguro e sustentável. Nesse sentido, a Nissan Frontier Attack Concept ainda conta com dois sistemas de auxílio em ladeira.

Um deles é o Sistema Inteligente de Partida em Rampa (HSA – sigla em inglês), que impede o carro de andar para trás quando está em um aclive, impedindo-o de bater em outro veículo, pessoa ou objeto atrás. O sistema detecta a situação, mantém a pressão do freio por até três segundos depois que o pé do motorista solta o pedal do freio. Ele funciona com a alavanca de mudanças nas posições “drive” ou ré.

EM TEMPO

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Subir