Esportes

Nigéria vence Japão em duelo de nove gols

Com a vitória, a Nigéria assume a ponta do grupo B - foto: Ricardo Oliveira

Um dos destaques nigerianos na partida, Umar marcou o primeiro gol de sua seleção diante do Japão – foto: Ricardo Oliveira

Se o jogo entre Suécia e Colômbia já havia sido muito bom, Nigéria e Japão fecharam a noite com chave de ouro. Nem mesmo a viagem cansativa, atrelada a chegada em cima da hora a Manaus foi capaz de frear a noite inspirada dos campeões olímpicos, que venceram os nipônicos por 5 a 4.

Etebo se tornou o jogador a marcar mais gol em uma só partida na Arena da Amazônia, ao anotar quatro tentos. Umar fez o outro dos africanos. Para os “Samurais Azuis”, Koroki, Minamino, Asano e Suzuki fizeram os gols.

Com a vitória, a Nigéria assume a ponta do grupo B. Já o Japão, fica com a lanterna da chave. Na próxima rodada, os nigerianos encaram a Suécia, às 18h (de Manaus). Já os japoneses duelam com Colômbia, às 21h (de Manaus). Ambos os duelos serão disputados na Arena da Amazônia, no domingo (7).

O jogo

Diferentemente do primeiro jogo em que as equipes se estudaram nos primeiros minutos, Japão e Nigéria começaram a todo vapor. Logo aos três minutos, Fujiharu desceu em velocidade pela esquerda e cruzou para Ohshima bater de primeira próximo à pequena área. Daniel espalmou e no rebote a zaga botou para escanteio.

No lance seguinte, aos cinco, a Nigéria respondeu em grande estilo. Ezekiel invadiu a área pela direita e chutou cruzado. Kushibiki espalmou e Umar abriu o placar para os africanos na Arena da Amazônia.

Mas o Japão não deixou os nigerianos comemorarem por muito tempo. Dois minutos depois, Minamino sofreu pênalti de Amuzie.Com categoria, Koroki chutou no canto direito e deixou tudo igual.

E os gols não pararam de sair. Aos nove, Shehu desceu pela direita e cruzou para área. Muroya não conseguiu cortar. Etebo matou a bola no peito e mandou uma bomba, sem chance de defesa para Kushibiki.

Persistentes e apoiados por uma torcida que não parava de cantar, os japoneses empataram mais uma vez. Um minuto depois de ter ficado em desvantagem no placar mais uma vez, Ohshima recebeu belo passe de Minamino. Ele recebeu livre, no meio da defesa nigeriana e tocou com tranquilidade, por baixo do goleiro Daniel.

O começou alucinante deu lugar a um jogo morno, sem grandes oportunidades para ambos os lados. O clima voltou a esquentar novamente já no final da primeira etapa, quando, aos 41 minutos, Etebo retomava seu showzinho particular e, em cobrança de pênalti, fez o seu segundo no jogo e o terceiro da Nigéria sobre o Japão.

Não satisfeitas com os cinco gols anotados no primeiro tempo, as seleções não pararam de balançar as redes na segunda etapa. E tudo começou com o cara que marcou pela última vez na etapa inicial e da mesma maneira. Etebo, em cobrança de pênalti, fez o quarto da Nigéria.

O placar virou goleada aos 20 minutos e com o “cara” da noite. Após cruzamento rasteiro de Mikel para a área, Kushibiki saiu do gol para afastar, mas a bola parou com Etebo, que, sem dominar a pelota, mandou do meio da rua para as redes nipônicas. Não perca as contas: é o quarto de Etebo e o quinto da Nigéria.

Guerreiro e como verdadeiros “Samurais Azuis”, os japoneses diminuíram o prejuízo aos 24 minutos, em bela troca de passes. Nakajima lançou Fujiharu na esquerda. Ele foi até a linha de funda e rolou para trás. Asano, de letra, fez o terceiro dos japoneses e o último do jogo. E aos 49, Suziki recebeu belo passe de Minamino e deu números finais a partida.

Por André Tobias

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir