Esportes

Nigéria bate Suécia na Arena da Amazônia e garante a classificação para as quartas de final na Rio 2016

Com a vantagem no placar, os nigerianos ainda tentaram ampliar no fim da etapa inicial - foto: Ricardo Oliveira

Com a vantagem no placar, os nigerianos ainda tentaram ampliar no fim da etapa inicial – foto: Ricardo Oliveira

Os nigerianos – ouro nos Jogos de Atlanta 1996 – estão classificados para as quartas de final do Torneio Olímpico de Futebol masculino do Rio 2016. Com mais uma vitória na Arena da Amazônia Vivaldo Lima, desta vez por 1 a 0 sobre a Suécia, na noite deste domingo (7) os africanos se garantiram de maneira antecipada na segunda fase da competição e se despediram da capital amazonense apresentando um bom futebol, mostrando que estão na disputa por medalha.

O gol marcado por Sadiq – o segundo dele na arena – colocou a Nigéria na liderança do grupo B, com 6 pontos, o que garante a passagem dos africanos ao mata-mata. Na próxima rodada, eles fecham sua participação na primeira fase diante da Colômbia, na quarta-feira (10), às 18h (de Manaus), na Arena Corinthians, em São Paulo. Já a Suécia permanece com um ponto e precisa vencer na última rodada o Japão para sonhar com a classificação. A partida será disputada no mesmo dia e horário, na Arena Fonte Nova.

O jogo

Com os times rigorosamente idênticos aos que disputaram a primeira rodada, Suécia e Nigéria iniciaram a partida de forma cautelosa, sem se arriscar. A primeira chance da partida surgiu aos 9 minutos, quando Sadiq recebeu boa bola em condições de abrir o placar, mas o goleiro Linde salvou. Na sobra, Etebo chutou e o arqueiro sueco fez outra grande defesa. A pelota caiu no pé de Sadiq outra vez, que rolou para Mikel. Já dentro da área, ele chutou forte e Linde espalmou para escanteio.

A Suécia encontrava dificuldades para achar espaços na defesa africana e chegou pela primeira e única vez no primeiro tempo aos 22 minutos. Da intermediária, Ajdarevic fez lindo lançamento para Ishak. O atacante emendou chute de primeira, mas direção, e a bola saiu a direito da meta nigeriana.

A partir daí, só deu Nigéria no jogo. Sem espaço pelo meio, as “Super Águias” fizeram uma verdade blitz pelas laterais. Aos 28, Ezekiel recebeu bela bola de Etebo pela direita, invadiu a área, driblou Konate e devolveu para Etebo. De frente para Linde, ele finalizou sem força, e ficou fácil para o goleiro sueco.

Dois minutos depois, em descida pela esquerda, Etebo invadiu a área e quase sem ângulo chutou forte. Linde espalmou para escanteio.

Autor de quatro gols contra o Japão, na última quinta-feira (4), Etebo parecia querer mais. Ao 34, ele avançou pela direita e chutou alto, cruzado. A bola passou por toda grande área da Suécia e saiu pela linha de fundo.

Um minuto depois, o camisa 8 da Nigéria chegou outra vez. Após boa troca de passes no campo de ataque, Mikel abriu na direita para Ezekiel. Ele cruzou com perfeição para Etebo, que, sozinho, cabeceou por cima do gol de Linde.

A blitz continuou e aos 36 minutos Ezekiel apareceu outra vez pelo lado direito. Em jogada semelhante a anterior, ele colocou na cabeça de Etebo, que desta vez testou fraco, nas mãos de Linde.

Nos minutos seguinte, quase um gol contra. Shehu cruzou da direita e Lundqvist cortou de cabeça para escanteio. A bola bateu na rede pelo lado de fora.

De tanto insistir, a Nigéria abriu o placar aos 39 minutos. Desta vez pela esquerda, Amuzie cruzou com perfeição na cabeça de Sadiq, que testou bonito para o fundo do gol.

Com a vantagem no placar, os nigerianos ainda tentaram ampliar no fim da etapa inicial. Amuzie aproveitou sobra de uma cobrança de escanteio e arriscou chute de longe, sem perigo para Linde.

COORDENADA: Domínio africano na segunda etapa

A segunda etapa iniciou da mesma forma como acabou a primeira, com a Nigéria dominando as ações e criando as melhores oportunidades de gol. Logo aos 2 minutos, Sadiq rolou a bola com açúcar para Mikel, que da entrada da área soltou uma bomba e obrigou Linde a espalmar para escanteio.

Quatro minutos depois, foi a vez de Etebo voltar a aparecer no jogo. Após evitar a saída da pelota pela linha lateral, ele correu em diagonal pelo lado direito, invadiu a área e tentou chute no ângulo esquerdo de Linde, que se esticou todo para evitar o segundo gol nigeriano.

Sem ser ameaçada pela Suécia, a Nigéria segui buscando ampliar o placar e matar a partida. Aos 15 minutos, Ezekiel recebeu cobrança lateral na área, girou em cima do defensor adversário e chutou de esquerda. A bola balançou a rede pelo lado de fora.

Aos 30 minutos, em novo chute colocado pelo lado direito, Etebo buscou o cantinho baixo de Linde, que conseguiu evitar o quinto gol do jogador na arena, botando a bola para escanteio. Quatro minutos depois, em cobrança de falta, Mikel tentou surpreendeu o arqueiro sueco, mas a pelota saiu à direita da meta dos europeus.

Os suecos voltaram a assustar os nigerianos só aos 44 minutos do segundo tempo. Em jogada pelo lado esquerdo, Tankovic foi a linha de fundo e rolou no meio da área para Ajdarevic. O atacante chutou, mas Sincere evitou o que seria o gol de empate da seleção europeia.

Após o apito final, um garotinho invadiu o gramado e abraçou um jogador sueco. Ele foi contido e retirado pela segurança, e recebeu os aplausos dos torcedores.

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir