Esportes

Com gol mais rápido da Olimpíada, Brasil massacra Honduras e vai à final

O gol foi marcado 14 segundos após o apito inicial da partida entre Brasil e Honduras – foto: Rio 2016

O gol foi marcado 14 segundos após o apito inicial da partida entre Brasil e Honduras – foto: Rio 2016

Com direito ao gol mais rápido da história do torneio olímpico, marcado por Neymar, aos 14 segundos do jogo, a seleção brasileira goleou Honduras por 6 a 0, nesta quarta-feira (17), e garantiu vaga para a disputa da medalha de ouro olímpica. O título é o único que falta ao Brasil no futebol.

Com uma excelente atuação do quarteto de ataque montado por Rogério Micale, o time obteve também o recorde de pódios na história da competição. No Maracanã lotado e abafado, a seleção assegurou a sexta medalha olímpica na modalidade.

Agora, o time brasileiro enfrenta o vencedor entre Alemanha e Nigéria, que jogam no Itaquerão, às 16h, pela outra semifinal. A disputa do ouro será no próximo sábado (20), às 17h30, no Maracanã.

Além do bom desempenho do ataque, o Brasil continua sem levar gol nos Jogos do Rio. A bela atuação de Neymar e companhia fez a festa dos torcedores.

Já no primeiro tempo, eles celebravam um provável confronto na final com a Alemanha, que eliminou o Brasil da Copa do Mundo com uma goleada vexatória.”Ô, Alemanha, pode esperar, a sua hora vai chegar!”, berravam os torcedores.

Os gols da vitória brasileira foram marcados por Neymar (dois), Gabriel Jesus (dois) e Marquinhos e Luan.
A seleção começou arrasadora. Logo aos 14 segundos, o capitão aproveitou um erro do zagueiro adversário e abriu o placar. Foi o gol mais rápido da história do torneio olímpico desde que começaram a cronometrar os jogos de futebol em Montreal-76.

No choque com o goleiro Lopez, Neymar se contundiu e dividiu o estádio. Parte dos torcedores comemoraram. A outra aguardava o atacante do Barcelona melhorar.

Com muitas dores no peito, ele foi atendido duas vezes até o árbitro recomeçar a partida ao quatro minutos.
Neymar continuou bem. Aos 9min, ele deu um belo passe para Luan, que desperdiçou o gol.

Os hondurenhos apelavam para a violência para tentar segurar o quarteto de ataque da seleção. Aos 22min, dois jogadores já haviam recebido o cartão amarelo.

O segundo gol saiu em seguida. Aos 25min, Gabriel Jesus marcou o seu primeiro na partida depois de receber um belo lançamento de Luan. O Brasil teve tempo para fazer mais um. Aos 34min, o palmeirense fez o terceiro da seleção ao receber passe de Neymar.

No segundo tempo, Micale manteve os titulares. Mesmo com a vantagem, o time continuou buscando o gol. Aos 5min, o zagueiro Marquinhos confirmou a goleada ao aproveitar a cobrança de escanteio.

Depois do gol, o treinador decidiu mexer no time. Ele tirou o aniversariante Rodrigo Caio, que completa 23 anos nesta quarta, e colocou o zagueiro Luan, do Vasco.

Com a vantagem e o calor, a seleção diminuiu o ritmo. Micale botou Felipe Anderson na vaga de Gabriel Jesus. Em seguida, Rafinha entrou no lugar de Renato Augusto

A torcida continuava festejando. Cantava o hino e o coro “sai do chão, sai do chão, quem é pentacampeão”.
Aos 33min, o atacante Luan fez o quinto numa jogada, em ritmo de pelada, de Rafinha. Já aos 46min, Neymar encerrou a goleada ao marcar de pênalti o sexto da seleção.

Por Folhapress

 

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir