Política

Netinho de Paula tem mandato de vereador cassado

A Justiça Eleitoral cassou, nesta terça-feira (17), o mandato de Netinho de Paula (PDT-SP), vereador de São Paulo, por infidelidade partidária.


A decisão do Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo foi unânime. Cabe recurso ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

A saída de Netinho do PC do B, sigla a que foi filiado por sete anos, ocorreu em abril deste ano. Logo em seguida, ele assumiu a direção do PDT na capital paulista.

A defesa do vereador alegava que Netinho sofreu discriminação política e foi boicotado pelo PC do B, argumento que não foi aceito pela corte eleitoral.

“Restou comprovada a posição de destaque de Netinho na agremiação, com participação em todas as propagandas partidárias (…). O PC do B arcou, inclusive, com mais de 50% das suas despesas de campanha”, argumentou o relator do caso, juiz André Lemos Jorge.

Os juízes determinaram que o suplente de Netinho deverá ser empossado dez dias após a publicação no Diário da Justiça. O ex-vocalista do Negritude Júnior ocupa o cargo na Câmara de São Paulo desde 2009.

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir