Esportes

Nelsinho Piquet é campeão da 1ª edição do Mundial de Fórmula E

fotos: divulgação

fotos: divulgação

Nelsinho Piquet, 29, conquistou neste domingo (28) o título da primeira temporada de Fórmula E, campeonato de carros elétricos. O brasileiro foi o sétimo colocado no GP de Londres e superou o suíço Sebastien Buemi por um ponto na classificação geral (144 a 143).

“Sabia que seria muito difícil, largando de onde a gente estava [16º]. Combinei com o time de não ficarmos falando no rádio sobre o campeonato. A estratégia era concentrar na corrida e acelerar o máximo possível. Não tinha nada a perder e forcei o ritmo ao máximo”, disse o piloto da NEXTEV TCR.

“Cruzei a linha de chegada e não sabia se tinha sido campeão”, acrescentou o brasiliense.

Essa foi a primeira conquista de um piloto brasileiro em campeonato mundial de monoposto chancelado pela FIA desde o tricampeonato mundial de Ayrton Senna na F1 em 1991.

O brasileiro foi o sétimo colocado no GP de Londres

O brasileiro foi o sétimo colocado no GP de Londres

Nelsinho venceu duas corridas na temporada. Ele também foi o vencedor de seis enquetes do Fan Boost, eleição no site oficial da categoria que premia os favoritos do público com uma dose extra de energia em seus carros.

O vencedor da etapa londrina foi Sam Bird, seguido por Jérôme d’Ambrosio e Loïc Duval. Bruno Senna foi o quarto colocado da etapa de Londres. Na classificação geral, o brasileiro foi o décimo, com 40 pontos.

Fórmula E

Na Fórmula E competem carros elétricos, que pesam 780 kg e têm bateria de aço e lítio. A velocidade máxima é de 220 km/h e a aceleração de 0 a 100 km/h é de 3 segundos.

Cada veículo tem autonomia de 25 minutos até receber uma nova carga de energia, o que representa que um piloto pode ter que dirigir dois carros para completar uma prova de 90 minutos.

Os carros da F-1 pesam 640 kg, incluindo o piloto, e fazer de 0 a 100 km/h em 1,7 segundo. Nesta categoria, os veículos chegam a ultrapassar os 300 km/h.

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir