Sem categoria

Nélia Caminha é eleita nova desembargadora do Tjam

Tjam

A juíza Nélia Caminha Jorge foi eleita na manhã desta terça-feira (1º), por unanimidade, nova desembargadora Tribunal de Justiça do Estado do Amazonas (Tjam).

A votação no pleno ocorreu para repor vaga aberta na Corte com a aposentadoria compulsória do desembargador Rafael Romano, que deixou o Tjam no dia 22 de setembro.

A magistrada, que é titular da 6ª Vara Cível e atualmente trabalhava como corregedora auxiliar do desembargador Flávio Humberto Pascarelli, já havia figurado na lista dos candidatos por duas vezes e, figurando pela terceira vez consecutiva, sua promoção à vaga seria automática.

Mas apesar de haver esse entendimento entre os eleitores do processo, outros magistrados participarão da disputa, cujo critério é por merecimento: Mas apesar de haver esse entendimento entre os eleitores do processo, outros magistrados participaram da disputa, cujo critério é por merecimento: Airton Luís Correa Gentil, Elci Simões de Oliveira, Onilza Abreu Gerth, Mirza Telma de Oliveira Cunha; Joana dos Santos Meirelles, Henrique Veiga Lima, Lia Maria Guedes de Freitas e Cézar Luiz Bandiera.

Este último é marido da atual presidente do Tjam, Graça Figueiredo, que, por conta disso, ficou impedida de votar.

O desembargador Yedo Simões, irmão do juiz Elci Simões, também não participou da votação.

Segundo a nova desembargadora, a eleição para desembargadora é a realização de um sonho profissional. “Esse é o ápice da carreira no Estado, portanto um sonho de todos os magistrados, desde os que estão no início de suas jornadas no interior até os que disputaram comigo”.

Por equipe EM TEMPO Online

Colaborou Henderson Martins

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir