Mundo

Naufrágio deixa dezoito migrantes mortos próximo à costa da Turquia

Os sobreviventes foram internados por causa de hipotermia. O estado de saúde deles é considerado grave pelas autoridades de saúde- foto: reprodução/Twitter

Os sobreviventes foram internados por causa de hipotermia. O estado de saúde deles é considerado grave pelas autoridades de saúde- foto: reprodução/Twitter

Dezoito migrantes morreram afogados nesta madrugada próximo à costa da Turquia. Eles seguiam para a ilha grega de Kalymnos quando a embarcação naufragou no Mar Egeu.

Mais 14 pessoas, de nacionalidades síria, iraquiana e paquistanesa, foram salvas pelos guardas costeiros turcos.

Os sobreviventes foram internados por causa de hipotermia. O estado de saúde deles é considerado grave pelas autoridades de saúde.

Segundo a ONU, desde o início do ano, mais de 650 mil migrantes partiram da Turquia pelo mar para ilhas gregas.

No mesmo período, mais de 500 destes 650 mil, na maioria crianças, morreram, segundo a Organização Internacional para as Migrações (OIM).

Turquia e Bélgica concluíram, no final de novembro, um acordo que prevê uma ajuda europeia de 3 bilhões de euros à Turquia em troca do compromisso de melhorar o controle de fronteiras e de cooperar na luta contra os traficantes de migrantes.

A Turquia acolhe no seu território cerca de 2,2 milhões de refugiados sírios.

Por Agência Brasil

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir