Sem categoria

Nacional enfrenta Remo neste sábado, em Paragominas

Após a demissão do técnico Aderbal Lana, o português Paulo Morgado assumiu o time com a missão de conquistar uma vaga para as oitavas de final da Série D - foto: Raimundo Valentim

Após a demissão do técnico Aderbal Lana, o português Paulo Morgado assumiu o time com a missão de conquistar uma vaga para as oitavas de final da Série D – foto: Raimundo Valentim

Em penúltimo lugar no grupo A1 da Série D do Campeonato Brasileiro, o Nacional viajou até Paragominas (PA) para encarar na tarde deste sábado (22) o Remo. A partida, válida pela quinta rodada da competição nacional, é de vida ou morte para o Leão da Vila Municipal. Com apenas quatro pontos conquistados no primeiro turno, o representante amazonense do certame ocupa a quarta colocação da chave, quatro pontos atrás do segundo colocado, Rio Branco.

Após a demissão do técnico Aderbal Lana, o português Paulo Morgado assumiu o time com a missão de conquistar uma vaga para as oitavas de final da Série D. O novo comandante leonino teve duas semanas para trabalhar e tentar implantar um pouco de sua filosofia de trabalho na equipe. A primeira mudança visível no time foi a entrada de um centroavante de origem no comando de ataque. Durante os treinamentos realizados no Centro de Treinamento Barbosa Filho, o técnico escalou Nando como camisa 9.

Ciente das péssimas condições do gramado da Arena Verde, Morgado deve escalar sua equipe no 4-1-4-1. O meio campo irá conta com os volantes Denis, Felipe Manoel e Lídio. Os outros dois jogadores a compor o setor devem ser Felipe e Thiago Floriano, apostando nos contra-ataques para matar o jogo.

Para o duelo de logo mais, o Nacional não poderá contar com três jogadores tidos como titulares. Suspenso, o zagueiro Robinho deve ser substituído por Gilson. No meio campo, o prejuízo é maior. Tanto Danilo Rios quanto Charles estão machucados e não tem previsão de quando voltam ao time.

Mudanças no Remo

Apesar de liderar o grupo A1 da Série D e ter vencido o Nacional fora de casa, o clima no Remo não é dos melhores. Nas últimas semanas, surgiram especulações acerca da permanência do técnico Cacaio à frente da equipe. Para não apresentar o erros cometidos diante do Náutico-RR na última rodada, quando saiu de campo derrotado por 3 a 2, comandante azulino promoverá no time titular para enfrentar o Nacional.

Antes de embarcar para Paragominas, o treinador realizou um trabalho tático no Mangueirão. As maiores surpresas foram as presenças de jogadores da base do clube, como o meia Edicleber o atacante Silvio. Outra novidade será o retorno do lateral-esquerdo Alex Ruan pelo setor.

Por Thiago Fernando

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir