Esportes

Nacional enfrenta Penarol neste sábado

A um passo da decisão, o Nacional recebe a visita do Penarol, neste sábado, às 15h, no estádio da Colina, pelo jogo da volta da semifinal do Campeonato Amazonense 2015. No último domingo, em Itacoatiara, o Leão da Vila Municipal manteve a supremacia sobre o Leão da Velha Serpa na temporada e venceu o terceiro duelo entre as equipes no ano. O placar de 2 a 0 deixa o time da capital em situação confortável, podendo perder por até dois gols de diferença para se classificar.

De acordo com o técnico do Nacional, Aderbal Lana, a vantagem conquistada no jogo de ida deve ser deixada de lado. “Não tem que administrar, tem que jogar. É um duelo de 180 minutos, temos uma vantagem de dois gols, mas temos que jogar. É um time difícil, o Penarol fez uma boa campanha, se classificou e temos que ter respeito”, afirmou.

Para o jogo desta tarde, Lana não poderá contar com o meia Charles, expulso no duelo em Itacoatiara. Se recuperando de uma pancada, o atacante Leonardo deve continuar de fora. Outro que preocupa é o zagueiro Maurício Leal, que sofreu uma lesão muscular e ficou de fora dos primeiros treinamentos da semana.

Grupo fortalecido

Demitido na noite seguinte à derrota para o Nacional e readmitido cerca de 12 horas depois, o técnico penarolense Marcos Piter ainda acredita na classificação à final. Ciente das dificuldades, o comandante espera que os deuses do futebol estejam ao lado da sua equipe neste sábado.

“É possível (a classificação). Essa turbulência pela qual passamos em 48 horas foi só para nos fortalecer. Nós temos a consciência de que é possível chagar à final. Vamos passar para os atletas que tem que jogar com alegria, para que sábado (hoje) possamos surpreender a equipe do Nacional e nos classificar. O Penarol não jogou a toalha e vai jogar de igual para igual”, avisou Piter.

Assim como os donos da casa, o comandante penarolense também terá problemas para o jogo de logo mais. Expulso no primeiro jogo, o volante Filipe Cristiano está fora da partida. Outro que está fora do duelo é o atacante Júnior Neymar. Por problemas extra-campo não revelados por Piter, ele sequer foi relacionado.

Para se classificar, o Penarol precisa vencer o Nacional por três gols de diferença. Ano passado, quando ainda comandava o Princesa do Solimões, o hoje técnico do Penarol passou por situação semelhante, mas o adversário – Nacional – foi quem conseguiu reverter o placar desfavorável. No primeiro duelo da final, o alvirrubro fez 2 a 0 no Leão da Vila Municipal. Na volta, os comandados do técnico Sinomar Naves garantiram o título ao golear  Tubarão do Norte por 5 a 1.

Por André Tobias (equipe EM TEMPO)

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir