Sem categoria

Naça apresenta dupla de ataque para o Brasileiro

Notato e Malaquias foram apresentados na sala da presidência do Nacional. Eles chegam para resolver os problemas ofensivos no Leão - foto: Diego Janatã

Notato e Malaquias foram apresentados na sala da presidência do Nacional. Eles chegam para resolver os problemas ofensivos no Leão – foto: Diego Janatã

Sob o olhar atento do presidente de honra do Nacional, senador Omar Aziz, o Leão da Vila Municipal apresentou, na tarde de ontem (16), no centro de treinamento Barbosa Filho, mais dois jogadores para a disputa da Série D do Campeonato Brasileiro e Amazonense. Com o aval do técnico Vagner Benazzi, os atacantes Nonato e Malaquias vestiram pela primeira vez a camisa do time baré.

Aos 36 anos, o paraense Nonato chega para ser o “homem-gol” do Nacional no segundo semestre. Artilheiro do Campeonato Goiano por três vezes consecutivas vestindo a camisa do Goianésia, onde atuou em todas as 16 partidas disputadas pela equipe no ano, o centroavante se disse motivado para o novo desafio e deu dicas para o Leão da Vila Municipal conseguir o tão sonhado acesso.

“O segredo é você ter um elenco competitivo, e isso o professor Benazzi conhece muito bem. É um treinador que já subiu várias equipes. Ele está montando um elenco bom, porque são jogos difíceis, às vezes você encontra campos com o gramado ruim, então é necessário se preparar para essas dificuldades, mas eu acho que o principal é ter um elenco acostumado com o campeonato”, apontou o novo camisa 9 do Nacional.

Com passagem por clubes das regiões Nordeste e Centro-Oeste, Nonato se disse motivado e feliz em poder vestir a camisa do Leão da Vila Municipal. Ele afirmou que nunca teve problemas graves com lesões, o que facilitou para prorrogar a carreira e continuar jogando em alto nível. Sobre a forma física, o jogador admite estar longe do ideal e afirmou encarar os comentários sobre seu corpo com bom humor.

“Eu estou há três semanas parado. Claro que faço minhas atividades, mas não estava treinando, não estou na minha forma ideal. Mas, com relação ao que as pessoas falam, fazem algumas comparações com o Walter, isso vai do jogador, você tem que se sentir bem. Eu converso sempre com os preparados físicos com quem trabalho, e falo que me sinto bem jogando com peso tal, de tal forma, e eles me entendem”, revelou Nonato.

Bem mais contido e tímido durante a apresentação, o atacante Malaquias será um dos responsáveis para fazer a bola chegar até os pés de Nonato. Aos 29 anos e com passagem por clubes do interior de São Paulo, ele disputou o último Campeonato Mineiro pelo Uberlândia e traz na bagagem a experiência de já ter trabalhado com Benazzi em outra equipe.

“Por onde passei, sempre gostei de jogar pelo lado do campo. Tenho facilidade de chegar à linha de fundo e fazer um bom cruzamento, um bom passe para o camisa 9. A torcida pode esperar isso de mim dentro de campo. Eu trabalhei com o Benazzi no Bragantino e fomos felizes lá”, citou o jogador, que além de Nonato, terá de brigar pela titularidade com Hayllan, Tiago Verçosa, Wanderley e Jones.

Mais reforços

E não para de chegar jogador no Leão da Vila Municipal. De acordo com o diretor de futebol interino do Nacional, Carlos Souza, outros dois jogadores devem ser contratados até o final desta quarta-feira. “Um está no Paraná e outro no Rio Grande do Norte. Acredito que até amanhã (hoje) a gente já tenha uma posição. É um jogador defensivo e um outro jogador de ataque”, divulgou.

Por André Tobias

1 Comment

1 Comment

  1. Xavier di Macaé

    18 de maio de 2016 at 08:03

    O Jones é o maior artilheiro da história do Macaé Esporte, quinta força do RJ. Esse ano fez 8 gols no carioca, muito mais que o Gerrero e o Fred.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir