Sem categoria

Naça ajusta time para encarar Santos-AP na Colina

Atacante Rodrigo Dantas (com a bola) em treinamento tático no estádio Ismael Benigno, local da partida do Nacional nesta quarta-feira – Foto: Ione Moreno

Atacante Rodrigo Dantas (com a bola) em treinamento tático no estádio Ismael Benigno, local da partida do Nacional nesta quarta-feira – Foto: Ione Moreno

Equilíbrio é a palavra de ordem para os jogadores do Nacional. Após o empate por 3 a 3 fora de casa no jogo de ida da primeira fase da Copa Verde contra o Santos-AP, o Leão da Vila, iniciou na tarde de ontem (14), a preparação do duelo de volta na competição, nesta quarta-feira (16), às 20h30, no estádio Ismael Benigno (Colina).

O duelo pelo torneio regional marcará a estreia do meia-atacante colombiano Tressor Moreno. A entrada do jogador de 37 anos foi confirmada pelo técnico do azulino, Eriberto da Cunha, que afirmou, também, que observará a condição física de seus atletas para definir o time que começará jogando.

“A equipe já tem uma base definida. Claro que temos dúvidas na frente, por conta de uns problemas físicos com alguns atletas, mas posso adiantar que provavelmente teremos a estreia do meia-atacante o colombiano Tressor Moreno”, disse.

O comandante do Leão da Vila falou ainda que a equipe precisa jogar com inteligência. Afirmou ter gostado do que viu na partida de ida em Macapá (AP).

“A equipe demonstrou uma nova postura, muita mais ofensiva e compactada. Não temos que esperar e nem se atirar, temos que ter equilíbrio, isso é que a equipe está trabalhando para fazer”, afirmou.

Para a partida desta quarta-feira (16), Heriberto da Cunha quer que seus atletas tenham muita atenção com as jogadas de bola parada, que segundo ele, foi um dos pontos fortes do Santos no primeiro jogo. “Foi um jogo em tivemos muitas surpresas, principalmente com bolas paradas. Vamos ter mais cuidado com isso. Eles têm jogadores experientes, mas isso não nos impede de manter nosso ritmo. Vamos em busca da classificação. Nosso pensamento é chegar com uma equipe bem forte que saiba buscar a vitória e a classificação”, falou.

Otimismo

O meia Álvaro, camisa 10 do Nacional, espera que a equipe consiga fazer uma boa partida e que o Leão consiga uma boa apresentação diante da torcida manauense. “A expectativa é de fazer um grande jogo, junto com meus companheiros com o resultado positivo”, disse o atleta.

O atacante Wanderley disse que não ficou satisfeito com o resultado do primeiro jogo, no entanto, promete fazer de tudo para triunfar em casa. “O placar não foi o que nós queríamos, mas o torcedor pode ter a certeza que vamos brigar pela classificação”, prometeu.

Por Lindivan Vilaça

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir