Dia a dia

Na zona Leste, homem é preso após fazer ameaças de morte à companheira

 

Timóteo foi autuado em flagrante por ameaça no âmbito da violência doméstica e familiar, crime previsto na Lei Maria da Penha - foto: divulgação

Timóteo foi autuado em flagrante por ameaça no âmbito da violência doméstica e familiar, crime previsto na Lei Maria da Penha – foto: divulgação

O desempregado Timóteo Firmino da Silva, 38, foi preso após  ameaçar matar a própria companheira, uma mulher de 36 anos. O caso ocorreu na última quarta-feira (22), por volta das 14h, na Rua 15 de Janeiro, bairro Mauazinho, zona Leste.

De acordo com  a titular do 29º Distrito Integrado de Polícia (DIP), delegada Kelene Passos,  na última terça-feira (21), a vítima teria ido ao 29º DIP relatar que o companheiro havia furtado alguns objetos da casa onde eles moravam, inclusive o sofá do casal, e, antes de deixar o imóvel, a teria ameaçado de morte caso ela contasse para alguém o que ele havia feito.

“A vítima nos procurou bastante abalada com a situação e veio formalizar a ocorrência. Na ocasião, a mulher alegou que o companheiro seria usuário de drogas e costumava vender as coisas da casa para sustentar o vício. Em função disso, requeremos medida protetiva de urgência em defesa dela”, explicou a autoridade policial.

Kelene Passos destacou, ainda, que Timóteo chegou a ser informado na última terça-feira (21), que poderia ser preso caso tentasse algo novamente contra a integridade física e moral da vítima.  “Um dia após ser notificado, precisamente na quarta-feira, o infrator retornou ao imóvel, pulou o muro da residência e arrombou a porta da casa. A vítima entrou em contato com a nossa equipe imediatamente para relatar o que estava acontecendo”, disse.

A delegada titular do 29º DIP informou que os policiais civis foram deslocados à residência e flagraram Timóteo no momento em que ele, segurando uma faca, gritava com a mulher e as duas filhas deles. “Nossa equipe conseguiu desarmar o infrator e o conduziu à delegacia”, relatou.

Timóteo foi autuado em flagrante por ameaça no âmbito da violência doméstica e familiar, crime previsto na Lei Maria da Penha. Ao término dos procedimentos na unidade policial o infrator foi encaminhado à Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, no Centro da cidade, onde irá permanecer à disposição da Justiça.

Com informações da assessoria

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir