Sem categoria

Na invasão Nova Vitória, menina de 12 anos denuncia pai por estupro, após um ano de abusos

O caso foi registrado na Delegacia Especializada em Crimes Contra a Criança e ao Adolescente (Depca) - foto: divulgação

O caso foi registrado na Delegacia Especializada em Crimes Contra a Criança e ao Adolescente (Depca) – foto: divulgação

Um mototaxista de 34 anos foi preso na noite dessa quinta-feira (21), por volta das 20h, suspeito de estuprar a própria filha de 12 anos. O fato ocorreu na Invasão Nova Vitória, bairro Gilberto Mestrinho, Zona Leste Manaus.

De acordo com informações da titular da Delegacia Especializada em Crimes Contra a Criança e ao Adolescente (Depca), Juliana Tuma, a vítima relatou que vinha sendo abusada pelo pai desde dos 11 anos e que não aguentava mais a situação, por isso resolveu contar o fato para a mãe, por meio de uma carta.

A mãe da vítima ficou indignada com a situação e aguardou o companheiro chegar em casa, acionando a polícia pelo telefone. O suspeito foi preso em flagrante e levado para a delegacia.

Conforme os relatos da vítima, os estupros aconteciam geralmente aos sábados, mas na tarde de ontem ela fingiu que estava dormindo e o suspeito se aproximou da cama, tirou o short dela e em seguida praticou sexo oral nela.

O ato, conforme a menina, só foi interrompido porque o irmão dela, de apenas 2 anos e nove meses, presenciou a ação e começou a chorar.
Na delegacia, o mototaxista negou os abusos e disse que nunca aliciou a filha, porém, a vítima realizou um exame de conjunção carnal e coito anal, que comprou o estupro.

O homem foi autuado pelo crime de estupro de vulnerável. Após os procedimentos cabíveis, ele será levado para à Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, no Centro de Manaus.

Por Mara Magalhães

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir