Cultura

Musical marca inicio das comemorações da Páscoa em Manaus

 

Espetáculo com quase duas horas de duração reúne 700 voluntários, que farão seis apresentações – Divulgação

Os ensaios do musical “Paixão pela Vida”, da Igreja Presbiteriana de Manaus (IPManaus), começam em agosto de 2016 e ganharam maior intensidade a partir da primeira semana de abril, quando os núcleos se reuniram nos ensaios gerais durante os últimos dias 5 e 6.

As apresentações do musical “Paixão pela Vida” terão início na semana da Páscoa, de 13 a 16 deste mês, e nos dias 21 e 22. Com cenas da vida, morte e ressurreição de Jesus Cristo, as encenações iniciam às 19h30, na Sede Pedras Vivas (avenida Pedro Teixeira, 2.650, Chapada). Para assistir ao espetáculo, basta apresentar um quilo de alimento não perecível e o convite gratuito, que já está disponível no mesmo local das apresentações, de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h. Todo o evento é interpretado na Linguagem Brasileira de Sinais (Libras).

De acordo com o pastor titular da IPManaus, José João Mesquita, o “Paixão pela Vida” começou sua história há 38 anos, com apresentações em formato adequado ao prédio centenário da igreja, no Centro. Em sua versão atual, o evento possui uma hora e 50 minutos de duração e aproximadamente 700 participantes, dos quais 99% são voluntários envolvidos em diferentes núcleos artísticos: coral, instrumental, coreografia, teatro, contrarregra, figurino, maquiagem, entre outras.

“A Páscoa é a festa mais importante da comunidade cristã espalhada pelo mundo. E nós fazemos essa celebração com muita consciência, mostrando aquilo que está nos Evangelhos da Bíblia. Jesus morreu, ressuscitou, foi elevado aos céus e vive entre nós”, afirma José João.

Segundo o coordenador- geral do evento, pastor Francisco Chaves dos Santos, um total de 12 mil pessoas são aguardadas nas seis apresentações, uma média de duas mil por noite. Ele explica que antes de cada exibição, cada espectador deverá apresentar seu convite para receber uma pulseira de identificação, que terá a mesma cor do portão de entrada e da posição do assento.

Além do convite, os organizadores arrecadarão alimentos com o objetivo de distribuir cestas básicas a famílias carentes já cadastradas pela igreja, principalmente nas comunidades ribeirinhas.

Um total de 12 mil pessoas é aguardado para prestigiar o musical da Igreja Presbiteriana – Divulgação

Cidade cenográfica

Um dos espaços mais visitados do “Paixão pela Vida” é a Cidade Cenográfica, cujos portões abrirão às 18h em cada dia de apresentação para que o público interaja com os atores. Inspirada na Jerusalém da época de Jesus, a cidade possui ambientes e personagens também presentes nas cenas de palco, como os fariseus, os comerciantes, os músicos, os soldados e outras figuras da cultura judaica.

E para viabilizar tudo o que acontece na Cidade Cenográfica e no palco, outras áreas de apoio atuam nos bastidores. “O musical movimenta um grande número de pessoas que trabalham em diferentes áreas, como alimentação, recepção, estacionamento, segurança, comunicação, entre outros. É um esforço conjunto para que o público saia impactado do local”, explica Francisco Chaves.

As canções encenadas pelos atores e bailarinos são executadas ao vivo pelos instrumentistas e vocalistas ao lado do palco.

EM TEMPO

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Subir