barra portal

EM TEMPO - Últimas notícias

  A Polícia Civil deflagrou na manhã desta quarta-feira (23), a Operação...
  Viver exclusivamente de direito autoral nos mercados de livros e de...
  O dançarino Douglas Rafael da Silva Pereira, encontrado morto ontem (22)...
  Com a ocorrência de dois acidentes de trânsito em menos de um mês na...
  A partir desta quarta-feira (23), até o próximo dia 9 de maio, o Grupo...
O pipoqueiro Walter Ferreira Chaves, 71, foi preso na tarde desta terça-feira (22),...
  O movimento popular “Reage Parintins” realizou nesta terça-feira (22), sua...
Restando apenas oito dias para o enceramento da entrega da declaração do Imposto de...

Feira da Ceasa oferece riscos à segurança aérea

O descarte irregular de resíduos sólidos e lixeiras viciadas foram algumas das irregularidades verificadas na Ceasa – fotos: divulgação

 

A Comissão de Prevenção do Perigo de Fauna (CPPF), da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), constatou ao visitar, ontem (26), que a feira da Ceasa, no Distrito Industrial, na Zona Sul de Manaus, apresenta problemas referentes ao lixo depositado no local, o que atrai uma quantidade significativa de urubus.


A feira da Ceasa está situado na área que atinge os 20 quilômetros de segurança da Aeronáutica, após a pista de pouso do aeroporto internacional Eduardo Gomes. No local foram encontradas algumas irregularidades como lixeiras viciadas, descarte irregular de lixo e restos de vísceras animais, que servem de alimento para as aves.


A inspeção também contou com a participação de representantes da Secretaria Municipal de Produção e Abastecimento (Sempab);  Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama): Instituto de Proteção Ambiental do Estado do Amazonas (Ipaam): e da Secretaria Municipal de Limpeza Pública (Semulsp).


Parcerias
O engenheiro ambiental da Infraero, Henrique Santos explicou que a comissão  realiza ações externas juntamente com o poder público, para evitar que a situação irregular continue. Ele também ressaltou que os casos - de lixo irregular -,  ocorrem em todos os locais de visita da comissão, principalmente onde há feiras.


“A situação mais preocupante são as lixeiras viciadas e irregulares. Na questão do porto da Ceasa, além de ser próximo da mata, as aves tem o seu lugar de habitação, a água e o alimento que ocasionam o aumento de urubus no local, podendo prejudicar o sistema aéreo do aeroporto”, explicou.


Recomendações
Escamas de peixes, restos de carne, lixo na beira do rio, lixeira sem tampa adequada, essas foram algumas das irregularidades verificadas na feira. O resultado da visita será transformado em um relatório, descrevendo todas as irregularidades verificadas na Ceasa, e encaminhado à Prefeitura de Manaus.


Uma das soluções apontadas pela comissão foi a de que a lixeira fique mais próxima da feira, na área interna da feira. Outra constatação feita no local, foi a de que todo o lixo  é jogado em frente a uma escola situada na referida área.
A troca dos baldes de lixo, que evite o despejo de resíduos sólidos, também deve ser considerado um ponto de mudança para evitar a continuação da presença dos urubus no local.


Segundo Henrique, há a necessidade de um trabalho de educação ambiental junto às escolas das áreas, o que pode ser realizado pela Infraero, que já desenvolve tal procedimento em outras instituições.  Na ocasião, os alunos também são levados para conhecer o aeroporto e todo o trabalho lá desenvolvido.


Jovem é preso com drogas e arma
Jovem é preso com drogas e arma
03º BLOCO JORNAL 22 04 2014
03º BLOCO JORNAL 22 04 2014
02º BLOCO JORNAL 22 04 2014
02º BLOCO JORNAL 22 04 2014
01º BLOCO JORNAL 22 04 2014
01º BLOCO JORNAL 22 04 2014

03º BLOCO AGORA 22 04 2014
03º BLOCO AGORA 22 04 2014
02º BLOCO AGORA 22 04 2014
02º BLOCO AGORA 22 04 2014
01º BLOCO AGORA 22 04 2014
01º BLOCO AGORA 22 04 2014
03º BLOCO JORNAL 21 04 2014
03º BLOCO JORNAL 21 04 2014

Pesquisar no site

Rádio EM TEMPO

Videorreportagem Agora

Entrevistas

  • EM TEMPO
  • Agora

capa

capa agora

Articulistas

dia-da-terra   Os últimos acontecimentos nos têm feito refletir sobre a nossa postura diante do desequilíbrio...
por Augusto Bernardo Cecílio
cada-vez-menos-indígenas   No último dia 19 de abril, amanhecemos um pouco menos “indígenas” do que éramos em 1943,...
por Fabio Candotti

Facebook

Charge do dia

charge-do-dia-19-de-abril-de-2014

publicidade

julio sumiu
DMC Firewall is a Joomla Security extension!