Dia a dia

Mulher que colidiu contra muro não estava no WhatsApp, mas cochilou

O acidente ocorreu na segunda-feira (24) - foto:  Joandres Xavier

O acidente ocorreu na segunda-feira (24) – foto: Joandres Xavier

A jornalista Lorena Souza, ferida na segunda-feira (24) após colidir contra um muro, na avenida Santos Dumont, bairro Tarumã, Zona Oeste de Manaus, procurou o EM TEMPO Online, hoje (25),  para esclarecer que não estava usando o aplicativo WhatsApp no momento do acidente.

De acordo com Lorena, que é filha do presidente do Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE-AM), conselheiro Josué Filho, o acidente foi provocado porque ela cochilou ao volante.

Conforme a jornalista, ela estava “cansada por causa do trabalho doméstico e empresarial, fato, aliás, confirmado pelas autoridades que atenderam à ocorrência”.

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil molestiae consequatur, vel illum qui dolorem?

Temporibus autem quibusdam et aut officiis debitis aut rerum necessitatibus saepe eveniet.

Copyright © 2016 EM TEMPO Online. Todos Os Direitos Reservados.

Subir