Dia a dia

Mulher que colidiu contra muro não estava no WhatsApp, mas cochilou

O acidente ocorreu na segunda-feira (24) - foto:  Joandres Xavier

O acidente ocorreu na segunda-feira (24) – foto: Joandres Xavier

A jornalista Lorena Souza, ferida na segunda-feira (24) após colidir contra um muro, na avenida Santos Dumont, bairro Tarumã, Zona Oeste de Manaus, procurou o EM TEMPO Online, hoje (25),  para esclarecer que não estava usando o aplicativo WhatsApp no momento do acidente.

De acordo com Lorena, que é filha do presidente do Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE-AM), conselheiro Josué Filho, o acidente foi provocado porque ela cochilou ao volante.

Conforme a jornalista, ela estava “cansada por causa do trabalho doméstico e empresarial, fato, aliás, confirmado pelas autoridades que atenderam à ocorrência”.

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir