Dia a dia

Mulher é presa por matar ex-companheiro, na Zona Leste

Heneltann matou o companheiro Erlânio com um único golpe de faca no coração - foto: divulgação/Polícia Civil

Heneltann matou o companheiro Erlânio com um único golpe de faca no coração – foto: divulgação/Polícia Civil

A dona de casa Heneltann Raris de Almeida Rocha, conhecida como ‘Risca faca’, 27, foi detida em cumprimento a mandado de prisão, na noite de sexta-feira (1º), pelo assassinato do seu ex-companheiro Erlânio de Lima Lopes Júnior, ocorrido na tarde do dia 20 de outubro de 2008, bairro Coroado 2, Zona Leste de Manaus.


A prisão de ‘Risca faca’ ocorreu por meio da equipe de investigação ‘Suçuarana’ do 3º Distrito Integrado de Polícia (DIP), sob a coordenação do delegado-plantonista, Jeff MacDonald.

O delegado Jeff MacDonald, informou que Heneltann estava grávida de três meses quando cometeu o crime. Em depoimento, ela alegou que sofria maus tratos de Erlânio. Segundo Heneltan, no dia do crime, ela foi agredida no rosto e, em seguida, pegou uma faca e desferiu um único golpe de faca no peito do marido.

Erlânio foi socorrido e levado ao Serviço de Pronto Atendimento (SPA) do Coroado, na Zona Leste, mas não resistiu aos ferimentos.

Heneltann chegou a ser presa em flagrante pelo crime, mas foi posta em liberdade no dia 21 de novembro do mesmo ano, com alvará de soltura. Desde então, a autora passou a mudar várias vezes de endereço no intuito de dificultar a sua localização pelo oficial de Justiça para a intimação dos atos processuais.

Heneltan estava envolvida em diversas confusões de lesões corporais com moradores do bairro Coroado, causado medo aos vizinhos.

Após denúncias, Heneltann foi surpreendida de posse de entorpecentes para consumo próprio. Conduzida pelos policiais civis ao 9º DIP, onde constatou-se processos criminais em desfavor.

“Na última semana, o delegado-adjunto da Delegacia Especializada de Homicídios e Sequestros (DEHS), Daniel Leão, solicitou a prisão preventiva, expedida pela 1ª Vara do Tribunal do Júri. Diante disso, a equipe ‘Suçuarana’ do 9º DIP fez as buscas e conseguiu localizar Heneltann”, disse o delegado.

Heneltann foi presa em uma residência no bairro São José, Zona Leste. Ela já estava com os preparativos de fuga para o município de Manacapuru (a 68 quilômetros de Manaus), segundo o delegado MacDonald.

Heneltann responderá pelo crime de homicídio no Centro de Detenção Provisória Feminino (CDPF), localizado no quilômetro 8, da BR-174 (Manaus-Boa Vista), onde aguardará pela decisão da Justiça.

Por Josemar Antunes

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir