Dia a dia

Mulher é atingida por disparo durante assalto no Jorge Teixeira

O local onde a mulher foi baleada fica na esquina da rua do bar – Daniel Landazuri

Sabrina de Souza Mendonça foi atingida com um tiro de raspão nos seios na noite desta quinta-feira (16) durante um assalto em um bar na rua Sardinha, bairro Jorge Teixeira, Zona Leste.

De acordo informações da dona do bar, Ceci Rodrigues, 69 anos, os assaltantes chegaram ao estabelecimento, pediram uma latinha e abordaram o filho dela que fazia o atendimento no balcão.

“Quando meu filho virou pra pegar a latinha no freezer um dos homens já estava dentro do bar. Ele pediu pro meu filho se afastar e pegou a televisão enquanto o outro ficava vigiando. No momento que eles estavam tentando fugir meu filho foi atrás e jogou algumas garrafas neles, que reagiram atirando”, contou a comerciante.

Um dos disparos atingiu Sabrina, que estava em uma banca de churrasco perto do bar. Segundo a responsável pela banca,  que preferiu não ter o nome divulgado, Sabrina estava acompanhada de um rapaz que aguardava para ser atendido no local.

Sabrina esperava em uma banca de churrasco que fica em uma esquina movimentada, próximo à uma UBS – Daniel Landazuri

“Os dois estavam conversando, ela estava com a bíblia debaixo do braço esperando o churrasco assar quando vimos a confusão. Eu corri pra pedir ajuda, o primeiro tiro pegou no chão, o segundo atingiu a moça e o terceiro pegou na porta da drogaria. Depois eles fugiram em um carro”, informou a vendedora.

A dupla fugiu em um veículo modelo Strada, de cor cinza, onde um terceiro homem aguardava. “Eles jogaram a TV no carro, o homem que atirou quase não conseguiu subir na carroceria , ele ainda foi arrastado pelo lado de fora, mas o comparsa puxou ele para dentro”, relatou uma testemunha.

Sabrina foi levada por um mototaxista ao hospital Platão Araujo. Segundo informações da unidade de saúde, Sabrina foi liberada ainda na noite de ontem.

Policiais militares da 30° Companhia Interativa Comunitária (Cicom), foram acionados e fizeram buscas pela área, mas os suspeitos não foram localizados. Até o momento as vítimas do roubo não registraram Boletim de Ocorrência (B.O).

Daniel Landazuri
EM TEMPO

 

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top