Dia a dia

Mulher desaparece após tentar entrar no Compaj com celular escondido em sacola com alimentos

A Polícia Civil divulgou imagem da comerciante Geissy Pereira Galdino, 20, que está desaparecida desde do último sábado (20).

De acordo com o pai dela, Marivaldo Reatingue Galdino, no dia em que desapareceu, Geissy teria sido levada ao 19º Distrito Integrado de Polícia (DIP), situado na avenida Coronel Teixeira, Zona Oeste de Manaus, após tentar entrar no Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj) com um aparelho celular escondido dentro de uma sacola contendo alimentos.

Na ocasião, a jovem assinou um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) na unidade policial e foi liberada depois de prestar esclarecimentos. Desde então, os familiares não tiveram mais notícias dela.

Geissy possui o desenho de uma fada tatuado nas costas e o nome da filha, Estefany, tatuado no tórax. A jovem é moradora da rua do Areal, comunidade Parque Mauá, bairro Mauazinho, Zona Leste da cidade.

O caso foi registrado na Delegacia Especializada em Ordem Política e Social (Deops), localizado na sede da Delegacia Geral, na Zona Centro-Oeste da capital.

Quem puder colaborar com informações que levem ao paradeiro de Geissy, pode entrar em contato com os servidores da Deops pelo número: (92) 3214-2268 ou ligar para os familiares da jovem pelos números: (92) 99189-6250 ou 99485-4853.

Com informações da assessoria

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir