Esportes

MP quer suspender venda de ingressos para eliminatórias da Copa em Manaus

O Ministério Público do Estado do Amazonas (MPE-AM) vai entrar, na manhã de hoje (19), com um pedido de liminar para suspender a venda dos ingressos da partida entre Brasil e Colômbia, pela oitava rodada das Eliminatória para a Copa do Mundo de 2018, marcada para acontecer no dia 6 de setembro, na Arena da Amazônia Vivaldo Lima.

Os ingressos já começaram a ser vendidos, mas devido aos valores altos, pode resultar na suspensão da venda dos bilhetes. Isso porque o MPE-AM comparou os valores dos bilhetes vendidos pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e promotores do evento para a partida na capital amazonense e um jogo da mesma competição, que realizado no estádio Castelão, em Fortaleza (CE), e constatou uma diferença de 260% entre os preços cobrados de uma partida para outra.

O promotor de Justiça de Proteção e Defesa do Consumidor, Otávio Gomes, afirma que denúncias sobre os altos valores cobrados nos ingressos foram apresentadas no MPE-AM, e na manhã de hoje o órgão deve entrar com um pedido para a suspensão das vendas no Tribunal de Justiça do Amazonas (Tjam).

O promotor entende que houve aumento abusivo não justificável na cobrança dos ingressos para a partida. Na ação civil pública, ele pede que a CBF estabeleça como condições a aplicação de novos reajustes para a venda dos ingressos, que devem ficar suspensas até a designação de novos valores compatíveis com os demais Estados. Uma coletiva de imprensa será realizada nesta terça, na sede do órgão, para mais detalhes sobre a ação.

tabela-reprod

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir