Política

Movimentos sociais ocupam sede do Ministério das Cidades, em Brasília

Cerca de 600 manifestantes de diversos movimentos sociais ocuparam nesta terça-feira (20) a sede do Ministério das Cidades, em Brasília. Eles reivindicam a retomada de ações do programa Minha Casa, Minha Vida para áreas rurais.

Os integrantes chegaram ao local por volta das 5h30 e tomaram a entrada principal do prédio. Eles também picharam na recepção e na fachada do prédio frases alusivas à reforma agrária. Entre os movimentos presentes estão o MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra) e a Contag (Confederação Nacional dos Trabalhadores da Agricultura).

Os manifestantes alegam que, por conta das medidas de ajuste fiscal do governo, novas contratações estão praticamente paradas e obras já contratadas enfrentam atrasos por falta de recursos para conclusão.

Segundo cálculos dos movimentos sociais, o deficit atual de unidades habitacionais rurais é de 35 mil.

Os líderes dos movimentos tentam uma reunião com representantes do Palácio do Planalto, do Banco do Brasil e da Caixa para buscar uma solução ao impasse, mas até o final desta manhã não foram divulgados detalhes sobre esta negociação.

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir