Política

Movimentos sociais ocupam sede do Ministério das Cidades, em Brasília

Cerca de 600 manifestantes de diversos movimentos sociais ocuparam nesta terça-feira (20) a sede do Ministério das Cidades, em Brasília. Eles reivindicam a retomada de ações do programa Minha Casa, Minha Vida para áreas rurais.

Os integrantes chegaram ao local por volta das 5h30 e tomaram a entrada principal do prédio. Eles também picharam na recepção e na fachada do prédio frases alusivas à reforma agrária. Entre os movimentos presentes estão o MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra) e a Contag (Confederação Nacional dos Trabalhadores da Agricultura).

Os manifestantes alegam que, por conta das medidas de ajuste fiscal do governo, novas contratações estão praticamente paradas e obras já contratadas enfrentam atrasos por falta de recursos para conclusão.

Segundo cálculos dos movimentos sociais, o deficit atual de unidades habitacionais rurais é de 35 mil.

Os líderes dos movimentos tentam uma reunião com representantes do Palácio do Planalto, do Banco do Brasil e da Caixa para buscar uma solução ao impasse, mas até o final desta manhã não foram divulgados detalhes sobre esta negociação.

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil molestiae consequatur, vel illum qui dolorem?

Temporibus autem quibusdam et aut officiis debitis aut rerum necessitatibus saepe eveniet.

Copyright © 2016 EM TEMPO Online. Todos Os Direitos Reservados.

Subir