Sem categoria

Mototaxistas percorrem avenidas em protesto para suspensão de fiscalização

Grupo se reuniu na Avenida do Samba, bairro Dom Pedro - Foto: Divulgação Manaustrans

Grupo se reuniu na Avenida do Samba, bairro Dom Pedro – Foto: Divulgação Manaustrans

Cerca de 340 mototaxistas não legalizados realizaram uma manifestação, na manhã desta segunda-feira (21), às 8h, pedindo o cancelamento da fiscalização da categoria. Eles alegam que o processo licitatório ainda não foi finalizado. Os manifestantes percorreram diversas ruas e avenidas da capital.

De acordo com Alexandre Rodrigues Benevides, 43, que é mototaxista há mais de cinco anos, o grupo espera que a fiscalização seja cancelada em Manaus. “O que a gente esperamosé que essa fiscalização seja suspensa. É ilegal fiscalizar enquanto não terminar esse processo licitatório. Nós não somos clandestinos”, disse.

O grupo se concentrou na avenida Belmiro Vianez (avenida do Samba), próximo ao centro de convenções (sambódromo), bairro Dom Pedro, Zona Oeste de Manaus. Em seguida, seguiu em direção à sede da Prefeitura de Manaus, passando pelas avenidas Constantino Nery, Djalma Batista e ainda pelo boulevard Álvaro Maia até a Avenida Brasil.

Em nota, a Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU) informou que “a fiscalização não irá prejudicar aqueles que estão participando da segunda licitação do serviço, visto que já passaram pela fase de habilitação que tinha dentre as exigências lei federal como requisitos para prosseguir para a fase de classificação”.

 

Por Luis Henrique Oliveira

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir