Sem categoria

Mototaxista é preso por estuprar enteada em Autazes

O homem foi autuado em flagrante por estupro de vulnerável e ficará preso na delegacia do município - foto: divulgação

O homem foi autuado em flagrante por estupro de vulnerável e ficará preso na delegacia do município – foto: divulgação

Um mototaxista de 28 anos, que não teve o nome divulgado, foi preso por estuprar a enteada, uma menina de 9 anos. O crime e a prisão em flagrante ocorreram na noite da última quinta-feira (7) no bairro Gilberto Mestrinho, município de Autazes (distante 113 quilômetros da Capital).

Segundo o delegado titular em exercício da 39ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP), David Jordão Gonçalves, a mãe já desconfiava dos abusos. “A mãe nos procurou para dizer que a filha estava apresentando comportamento estranho e que desconfiava da relação do padrasto com a menor. A partir daí começamos a investigar o caso”, explicou.

A menina foi ouvida em termo de declaração e conduzida para exame de conjunção carnal, que comprovou a existência de lesões nas partes íntimas dela. “A criança nos disse que ontem (7), quando ficou em casa sozinha, que foi jogada na cama pelo padrasto e que, de forma agressiva, teria tirado a roupa dela e consumado o estupro”, informou o delegado.

Com as evidências, a autoridade policial designou a equipe de investigação que efetuasse a prisão do infrator. “A equipe foi muito eficiente, conseguindo prender o padrasto da vítima no mesmo dia que soubemos das suspeitas da mãe e da averiguação das denúncias”, relatou o delegado David.

O homem foi autuado em flagrante por estupro de vulnerável. Após os procedimentos legais de lavratura do flagrante, ele permanecerá preso na carceragem da 39ª DIP, aguardando a decisão da Justiça.

Com informações da assessoria

1 Comment

1 Comment

  1. silme

    11 de janeiro de 2016 at 13:31

    e revoltante uma criança e estrupada sem possivel defesa..
    maes..por favor vc que e separada olhe bem quem,vc colocar pra dentro d dua casa.pois as aparencias engana…melhor, so, doque mal acpmpanhada

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir