Dia a dia

Mototaxista é preso na Zona Leste suspeito de estuprar adolescente e várias outras vítimas

Durante os estupros, Marcelo não tirava o capacete, o que impedia as vítimas de reconhecê-lo – foto: Arthur Castro

Durante os estupros, Marcelo não tirava o capacete, o que impedia as vítimas de reconhecê-lo – foto: Arthur Castro

O mototaxista Marcelo Augusto Praia de Souza, 26, foi apresentado na manhã desta terça-feira (14), na Delegacia Geral, Zona Oeste de Manaus, suspeito de estuprar uma adolescente de 15 anos, no dia 16 de março, bairro Colônia Antônio Aleixo, Zona Leste da cidade.

Marcelo foi preso na tarde dessa segunda-feira (13), no bairro Jorge Teixeira, também na Zona Leste, em cumprimento a mandado expedido no dia 10 de junho, pela juíza da Vara Especializada em Crimes contra a Dignidade Sexual de Crianças e Adolescentes, Patrícia Chacon de Oliveira Loureiro.

De acordo com informações da titular da Delegacia Especializada e ao em Proteção à Criança Adolescente (Depca), no dia do crime, a vítima solicitou os serviços do suspeito, que trabalhava como mototaxista. Durante o trajeto, Marcelo levou a menina para um terreno baldio, onde a estuprou e em seguida fugiu levando o celular dela.

Após o crime, a equipe de investigação da Depca iniciou as diligencias e na ocasião conseguiram localizar o celular da vítima, que já havia sido vendido para uma terceira pessoa. Ao prestar esclarecimentos sobre a compra do objeto, a testemunha reconheceu o mototaxista como o responsável pela venda do aparelho telefônico.

A delegada ainda informou que Marcelo é suspeito de cometer outros estupros, no período de janeiro e fevereiro de 2015, além de uma tentativa de estupro em maio deste ano, no ramal do Brasileirinho.

Juliana Tuma explicou que, durante os estupros, Marcelo não tirava o capacete, o que impedia que as vítimas pudessem reconhecê-lo.

Marcelo foi indiciado pelo crime de estupro. Após os procedimentos será levado para a Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, no Centro da capital.

Por Mara Magalhães

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir