País

Motorista que atropelou skatistas em SP se apresenta à polícia

O motorista que atropelou um grupo de skatistas neste domingo (25) na rua Augusta, no centro da capital paulista, apresentou-se à polícia no início da tarde desta segunda (26). Ariovaldo Ferreira foi ouvido pelo delegado Roberto Pacheco de Toledo, do 4º Departamento de Polícia Civil, na região da Consolação, e liberado por volta das 16h15.

O grupo de skatistas, que participava do evento do Go Skate Day, descia a rua Augusta no sentido centro, quando uma Eco Sport, na direção contrária, avançou em alta velocidade sobre eles. Ao menos três foram atropelados e ficaram com ferimentos leves. Uma quarta pessoa chegou a ser arremessada por cima do carro, mas não se feriu com gravidade. O motorista não prestou socorro.

Na sexta-feira, a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) havia informado que iria interditar a rua Augusta para a realização do evento. O trânsito seria bloqueado e liberado conforme a passagem dos participantes do evento. Vídeos feitos por moradores da região e pelos participantes mostram que, no momento do atropelamento, apenas a Eco Esport transitava em alta velocidade na rua.

Depoimento

Segundo a Polícia Civil, o motorista disse que ingressou na rua porque o bloqueio de trânsito estava mal sinalizado. Ele relatou ainda que, quando tentava desviar dos skatistas, atingiu a primeira pessoa. A partir desse momento, segundo o motorista, seu carro começou a ser depredado pelos participantes do evento. Com medo de ser linchado, ele acelerou o veículo para tentar fugir do local, momento em que atropelou os demais participantes do evento.

O carro está em poder da polícia para ser periciado. O motorista deve ser indiciado por lesão corporal dolosa, fuga do local do acidente e periclitação da vida e da saúde. Segundo a polícia, ele irá responder em liberdade.

Bruno Bocchini

Agência Brasil

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Subir