País

Motorista embriagada e seminua atropela operário em Goiás

Ela vai responder por embriaguez e tentativa de homicídio - foto: divulgação

Ela vai responder por embriaguez e tentativa de homicídio – foto: divulgação

Uma estudante goiana, embriagada e seminua, atropelou um operário que trabalhava em obras de uma rodovia no perímetro de Goiânia na madrugada desta quinta-feira (7). Ela vai responder por embriaguez e tentativa de homicídio.

O atropelamento aconteceu às 2h20, na BR-153, altura do km 501, próximo ao viaduto do parque das Laranjeiras, no sentido Goiânia-Aparecida. A estudante Larissa Pinheiro Correa, 22, avançou sobre cones e placas de sinalização que indicavam obras no local e atingiu Daniel de Sousa Rocha, 23.

Rocha foi encaminhado ao Hospital de Urgências de Goiânia. Ele foi submetido a uma cirurgia que durou duas horas. De acordo com a assessoria do hospital, ele está acordado e seu estado é regular.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal, Larissa vestia apenas uma blusa e roupas íntimas no momento do acidente. Ela apresentava sinais de embriaguez, como fala enrolada e cheiro de álcool. O teste do bafômetro indicou 0,35 mg de álcool por litro de sangue, acima do permitido pelo Código de Trânsito Brasileiro.

Enquanto fazia o teste, a estudante disse aos agentes que bebia desde as 23h e que estava voltando de uma boate, no setor sul da cidade, em direção a Aparecida de Goiânia, onde mora.

Ela foi encaminhada à delegacia de investigação de crimes de trânsito de Goiânia e está detida no 14º DP. De acordo com a PRF, Larissa vai responder pelos crimes de embriaguez ao volante e tentativa de homicídio, terá o direito de dirigir suspenso por 12 meses e será multada em R$ 1.915.

O advogado da estudante não foi encontrado para comentar o caso.

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir