Dia a dia

Motocicleta é furtada e quatro pessoas são presas na Zona Norte

José Weliton e Patrício foram autuados em flagrante por receptação, enquanto William e Michael foram indiciados por furto - foto: divulgação/Polícia Civil

José Weliton e Patrício foram autuados em flagrante por receptação, enquanto William e Michael foram indiciados por furto – foto: divulgação/Polícia Civil

José Weliton Lisboa de Oliveira, 21, e Patrício do Além de Souza Pantoja, 19, foram presos em flagrante, por volta de 12h desta quarta-feira (24), na residência de Patrício – localizada na rua Dr. Basílio, bairro Zumbi dos Palmares, Zona Norte de Manaus –, após serem denunciados por receptação de peças de motocicletas sem documentação.

De acordo com o titular do 25º Distrito Integrado de Polícia (DIP), delegado Aldeney Goes, a dupla foi denunciada por William Monteiro de Matos, 18, que estava sendo investigado pelo furto de uma motocicleta, de modelo e placa não identificada. Após a detenção do suspeito, ocorrida por volta de 10h desta segunda-feira (22), William confessou a autoria do crime e indicou para quem ele havia vendido as peças do veículo.

A partir daí, os investigadores seguiram até o local indicado por William e realizaram as prisões de José Weliton e Patrício. No local, foram apreendidas peças de motocicletas que estavam escondidas dentro de algumas caixas no quintal da casa.

Durante as investigações, Michael Bruno Bezerra Aguiar, 18, também foi identificado pela polícia como cúmplice de William. Ambos foram notificados a prestarem esclarecimentos no 25º DIP e confessaram a autoria do crime.

Ainda conforme o delegado, o furto aconteceu no dia 16 de junho deste ano, na rua Professora Júlia Santana, bairro Zumbi dos Palmares, Zona Leste. Na ocasião, a vítima, que não teve a identidade revelada, havia deixado a motocicleta estacionada em via pública e quando retornou, o veículo não se encontrava mais no local.

“Quando chegamos à casa de Patrício encontramos peças de diferentes motocicletas. Na delegacia, eles confessaram que compravam as peças para revender para terceiros. Iremos continuar investigando a fim de identificar outras pessoas que possivelmente estejam envolvidas no esquema ilícito”, disse o delegado.

José Weliton e Patrício foram autuados em flagrante por receptação. Por se tratar de um crime afiançável, a dupla vai responder em liberdade.

William e Michael foram indiciados por furto e também foram liberados para responder pelo crime em liberdade.

“Apesar de todos estarem em liberdade, aqui na delegacia, foi feita a identificação de todos. Caso algum deles se envolva em outros crimes poderão ter a liberdade privada”, informou Aldeney Goes.

Por Narel Desiree (especial EM TEMPO Online)

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir