Sem categoria

Mostra de teatro e música traz diversidade artística

Mostra de teatro e música traz diversidade artística - foto: divulgação

Oitava edição da Mostra Artecena será realizada a partir da próxima terça-feira, com montagens infantis e adultas – foto: divulgação

 

Doze montagens teatrais e nove números musicais, com banda ao vivo, compõem a programação da Mostra Ar-tecena, cuja oitava edição será apresentada de 1º a 4 de de-zembro, no Teatro Manauara. Os diretores gerais do evento, Kamila e Roger Barbosa, avisam que a plateia poderá conferir produções para todos os gostos e públicos, incluindo adaptações do dramaturgo inglês William Shakespeare e musicais inspirados em espetáculos da Broadway.


Realizada de seis em seis meses, a Mostra Artecena é o momento de exibir ao público de Manaus o trabalho de con-clusão de curso das turmas da escola de interpretação. Kamila Barbosa lembra que os dois meses que antecedem o evento são de ensaios intensos e o resultado é um esforço de todos os envolvidos nas produções.

“Na escola desenvolvemos um trabalho em conjunto. O professor ensina o conteúdo pré-estabelecido, mas existe uma troca com o aluno, que pode levar uma sugestão para estudo e, se a turma e o professor abraçam essa ideia, é colocada em prática”, explica a diretora executiva.

O ator e diretor Roger Barbosa destaca o aprimoramen-to das turmas e, no palco, durante a mostra, todos os alunos têm o seu momento para colocar em prática o que aprenderam nos cursos. E, especificamente nesta edição, a turma de adultos participará de uma adaptação que exige bastante esforço dramático. Trata-se de “Sonho de uma noite de verão”, de

William Shakespeare.

“É uma dramaturgia difícil e fizemos a adaptação de um texto grande para meia hora”, observa Roger. “A mostra tem esse ponto positivo, que é levar para o público conhecer uma obra de Shakespeare em 30 minutos”. Além de “Sonho de uma noite de verão”, o ator assina também a direção de “Boletim de Ocorrência”.

Outro destaque na preparação da mostra citado por Roger é o interesse dos alunos em participar de todo o pro-cesso que envolve as montagens. “Como são mais de dez cenários, temos que usar nos espetáculos o máximo de criatividade, com uma verba restrita e a ajuda de amigos”, comenta. A maioria dos cenários foi desenhada pelo próprio ator e diretor.

Desafios

Da primeira edição da Mostra Artecena até a atual, Ro-ger Barbosa cita entre os obstáculos superados a questão do uso do espaço para as encenações. “Nós temos poucos teatros adequados na cidade. Já apresentamos o evento no Teatro Jorge Bonates e o Teatro Manauara foi o que mais nos acolheu”. Outro desafio que a equipe precisou enfrentar foi a questão da acústica do teatro.

“A partir da sexta edição fizemos uma pesquisa para descobrir como superar esse problema, já que participam da mostra crianças a partir de 5 anos, e criança não fala alto”, conta o diretor. “Realizamos um estudo do teatro e, em parceria com uma empresa de som, foi colocada uma caixa de acrílico em cada microfone para o som não reverberar”.

A equipe da 8ª Mostra Artecena é formada por 30 profissionais entre técnicos, maquiadores, cenógrafo, aderecista, equipe de som e luz especializada. Kamila Barbosa diz que o elenco traz uma média de 190 pessoas – cerca de 180 alunos e alguns atores convidados. A diretora executiva revela que, no próximo ano, o evento passará a ser anual, pois a cada edição o nível artístico das montagens cresce. “A mostra se tornou um evento grande e, de forma anual, vamos conseguir trabalhar mais detalhadamente questões como, por exemplo, a cenografia”.

Incentivo

A Artecena Produções existe há 11 anos e a escola completou 3 anos. Kamila atribui o sucesso dessa inciativa – inserida num mercado em crescimento, que é o mercado cultural de Manaus – a fatores como o treinamento do corpo docente e o incentivo à carreira artística dos alunos. “E como trabalhamos com sonhos e melhoria de vida, a base desse sucesso é o amor de todos os envolvidos à profissão”, destaca.

A escola de interpretação Artecena oferece os cursos “Teatro musical”, “Canto”, Vivência teatral para desenvolvimento pessoal e profissional”, “Curso livre de interpretação em TV e Cinema”, “Interpretação em teatro” e “Teatro para crianças”. O telefone para informações é o (92) 3342-2425.

Por Luiz Otavio Martins

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir