Cultura

Morre o editor de quadrinhos Toninho Mendes, ao 62 anos

Toninho era um dos principais editores de quadrinhos do país – Reprodução

Morreu, na manhã desta quarta-feira (18), em sua casa, o editor de quadrinhos Toninho Mendes, aos 62 anos. A informação foi confirmada à reportagem por sua filha Veronica Papoula Mendes.

A causa da morte ainda é desconhecida. O editor sofreu um acidente em casa e bateu a cabeça, mas não se sabe se ele havia passado mal antes. Ele chegou a ser socorrido, mas morreu a caminho do hospital.

Toninho era um dos principais editores de quadrinhos do país. Próximo de nomes como Angeli, Glauco e Laerte, Toninho foi o criador da lendária revista “Chiclete com Banana” (mesmo nome da série de tirinhas de Angeli) e depois da revista “Circo”. Eram publicações que, nos anos 1980, chegaram a vender mais de cem mil exemplares.

O editor trabalhava em uma série sobre humor, ao lado de Tadeu Jungle. Ainda não há informações sobre o velório.

Maurício Meireles
Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Subir