Sem categoria

Morre indígena baleado durante operação ‘Blackout’, em invasão na Zona Oeste

A vítima foi atingida pelo tiro no rosto pós reagir a ação policial - foto: Josemar Antunes

A vítima foi atingida pelo tiro no rosto pós reagir a ação policial – foto: Josemar Antunes

O indígena Anderson Rodrigues de Souza, 30, baleado durante a operação ‘Blackout’ morreu na tarde desta quarta-feira (7), após ser atingido com um tiro no rosto.

A operação  foi  deflagrada durante a manhã, na comunidade Cidade das Luzes, bairro Tarumã, Zona Oeste de Manaus, onde dez pessoas  ligadas a facções criminosas foram presas em cumprimento a mandado judicial.

A vítima foi atingida pelo tiro pós reagir a ação policial, próximo ao Complexo de Treinamento de Direção Veicular (DETRAN/AM), na avenida Arquiteto José Henrique B. Rodrigues, bairro Monte das Oliveiras, Zona Norte.

O indígena foi socorrido e levado ao Hospital e Pronto-Socorro João Lúcio, na Zona Leste, onde passou por cirurgias e já apresentava quadro de saúde grave.

O corpo foi removido pelo Instituto Medico Legal (IML)

Matéria atualizada às

Por equipe EM TEMPO Online

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir