Sem categoria

Morre criança vítima de explosão com caminhão de gás

Explosão de cilindro_foto_reproducao

O acidente ocorreu durante a colocação de um tanque da empresa Leste Plast no caminhão da Amazon Gás – foto: divulgação

Após dois meses da explosão com o caminhão da empresa Amazon Gás, a criança, Laís Mirella Hoyos de Morais, 3 anos, morreu na madrugada deste sábado (7), no Hospital e Pronto-Socorro da Criança, na Zona Sul da capital.


Laís teve cerca de 80% do corpo queimado com a explosão e estava em estado grave desde o incidente, que deixou outras 14 pessoas feridas, na explosão no bairro Tancredo Neves, Comunidade Novo Reino, na Zona Leste de Manaus.

Outras duas pessoas também morreram vítima da explosão, sendo Flávia Costa, de 28 anos, que teve queimaduras em 90% do corpo e morreu por choque hipovolêmico séptico.

Três vítimas ainda continuam internadas em estado grave, sendo uma mulher de 31 anos, no Hospital João Lúcio. Loren Layne, de 3 anos, também se encontra em estado grave, com queimaduras em 80% do corpo. Uma terceira criança, Caio Pereira, de 5 anos, também se feriu, e teve queimaduras de segundo grau. Todas estão no Pronto-Socorro da Criança, na Zona Sul de Manaus.

Continuam internadas com quadro estável uma criança de oito anos e outra de cinco, uma mulher de 45 e dois homens de 23 e 31 anos.

Em nota enviada à imprensa, a empresa Cigás lamentou a morte da criança. “Informamos  que a AmazonGás está dando todo o apoio à família, inclusive quanto ao velório e enterro”. Ainda segundo a empresa uma equipe ainda continua trabalhando para prestar apoio às vítimas e os seus familiares.

Explosão

O acidente ocorreu durante a colocação de um tanque da empresa Leste Plast no caminhão da Amazon Gás, que iria transportá-lo. Na operação, duas válvulas se romperam e houve vazamento de Gás Liquefeito de Petróleo (GLP), ocorrendo, em seguida, as explosões que resultaram no ferimento das vítimas. Sete delas estavam na mesma residência, numa vila de quitinetes próxima à empresa. Outras pessoas que passavam pela rua também foram atingidas.

Por Stênio Urbano

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir