Cultura

Morre aos 88 anos Kurt Masur, importante maestro alemão

Masur era apaixonado pelas composições de Bach, Mendelssohn, Brahms e Beethoven- foto: divulgação

Masur era apaixonado pelas composições de Bach, Mendelssohn, Brahms e Beethoven- foto: divulgação

O alemão Kurt Masur, um dos grandes regentes do mundo, morreu neste sábado (19), aos 88 anos, anunciou o presidente da Filarmônica de Nova York, Matthew VanBesien.

“É com profunda tristeza que escrevo em nome da família Masur e da Filarmônica de Nova York para informar que Kurt Masur, que foi nosso diretor musical de 1991 a 2002 e mantém o título emérito, morreu em 19 de dezembro de 2015”, informou VanBesien, em nota.

O maestro revelou em 2012 que sofria de mal de Parkinson.

Nascido na região de Silesia em 1927, ele dirigiu algumas das maiores orquestras do mundo, principalmente a Filarmônica de Nova York (1991-2002), a Orquestra Nacional de França (ONF), em Paris, e a Orquestra Filarmônica de Londres.

Em abril de 2012, como diretor musical honorário da ONF, caiu acidentalmente do pódio de onde regia a orquestra no teatro Champs Elysées e teve o ombro fraturado.

Masur era apaixonado pelas composições de Bach, Mendelssohn, Brahms e Beethoven.

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir