Política

Morre aos 58 José Eduardo Dutra, ex-presidente do PT e da Petrobras

José Eduardo Dutra, era ex-presidente do PT e da Petrobras - Foto: divulgação

José Eduardo Dutra, era ex-presidente do PT e da Petrobras – Foto: divulgação

O ex-presidente do PT e da Petrobras José Eduardo Dutra, 58, morreu na madrugada deste domingo (4), em Belo Horizonte. Ele lutava contar um câncer.

Dutra, que nasceu no Rio de Janeiro, mas fez carreira política em Sergipe, assumiu a presidência do PT em 2010, e ficou no cargo apenas até abril de 2011 devido a problemas médicos. No seu lugar, assumiu Rui Falcão, o atual presidente da sigla.

Também trabalhou como um dos coordenadores da campanha da eleição de Dilma Rousseff, em 2010, ao lado de Antonio Palocci e do ministro da Justiça. José Eduardo Cardozo.

Dutra foi presidente da Petrobras, tendo assumido o cargo em 2003, no primeiro mandato do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, sendo substituído em julho de 2005 por José Sérgio Gabrielli.

Depois, ele retornou à empresa em 2007, como presidente da BR Distribuidora, deixando o posto em janeiro de 2009 para disputar a presidência do PT, quando foi eleito.

Antes, foi presidente do Sindicato dos Mineiros do Estado de Sergipe, entre 1989 e 1994, e dirigente da Central Única dos Trabalhadores (CUT), de 1988 a 1990. Em 1994, foi eleito senador por Sergipe.

Atualmente era o primeiro suplente do senador Antonio Carlos Valadares (PSB/SE).
José Eduardo Dutra será velado em Belo Horizonte, nesta segunda-feira (5), a partir das 10h. O corpo será cremado no mesmo dia.
DE PRIMEIRA QUALIDADE
Em nota divulgada neste domingo, o presidente do PT, Rui Falcão, lamentou a morte de José Eduardo Dutra, ex-presidente do partido e da Petrobras, vítima de um câncer.

Segundo Falcão, ” Dutra foi um homem público de primeira qualidade, um batalhador da causa da justiça social e um exemplo de dedicação ao Partido dos Trabalhadores.”

O presidente do partido se solidarizou com a família e apoiadores políticos do correligionário.

“Nesse momento de dor, gostaríamos de nos solidarizar com sua família e com todos os companheiros do PT, em particular aqueles de Sergipe, estado que Dutra sempre amou e onde deu o melhor de sua vida pelos mais carentes e excluídos da sociedade.

Rui Falcão destacou o empenho pelas lutas sociais do partido e a passagem de Dutra pelo comando da Petrobras.

“Dutra, desde muito cedo na sua vida, se aliou às lutas dos trabalhadores, tendo sido líder sindical em Sergipe e posteriormente membro da direção nacional da Central Única dos Trabalhadores”, disse o petista.

“Disputou importantes batalhas eleitorais no estado, onde, em 1994, sagrou-se senador da República. Entre outras vitórias de sua notável vida pública está ter exercido a presidência da Petrobras”, completou.

A presidente Dilma Rousseff enviou um comunicado lamentando a morte de Dutra e ressaltou o tempo em que conviveram.

“Hoje o Brasil se despede de um grande brasileiro, o ex-senador, meu amigo e companheiro, José Eduardo Dutra”, disse a presidente.

“Ao longo de toda sua vida, ele foi uma liderança comprometida com o Brasil e nosso povo. Tive o privilégio de conviver com José Eduardo. Sua dignidade, inteireza de caráter e seriedade jamais serão esquecidas e são a nossa grande perda. Presto minha solidariedade a toda sua família e amigos”, afirmou.

 

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir